Riccardo Cassin - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
lenda do alpinismo

Riccardo Cassin


Categoria: Personalidades

Conhecido como “ il Padre“, Riccardo Cassin conquistou algumas das rotas mais perigosas do mundo. Ele é reconhecido por ter feito milhares de escaladas e liderado centenas de expedições. Cassin era conhecido por escalar o inescalável. Em julho de 1961, ele liderou a equipe ao Mt. McKinley no Alaska pela precária arista sul. Pela escalada ele foi parabenizado pelo ex-presidente americano Kennedy.

Mais de 2500 escaladas e 100 primeiras ascensões são atribuídas à Cassin. Algumas das rotas que hoje em dia são consideradas perigosíssimas foram na verdade abertas por ele há 70 anos atrás.

Cassin, quem começou uma reconhecida companhia de equipamentos de escalada em 1947, faleceu no dia 6 de agosto em sua casa em Piani Resinelli, uma cidade ao norte de Milão. Ele tinha 100 anos de idade!

Durante a sua carreira de mais de 60 anos, Cassin liderou centenas de expedições pelos Alpes, Himalaias, Cáucaso e Andes. Algumas rotas que ainda hoje em dia são muito respeitadas foras ascendidas por Cassin com cordas de sisal, ancoragens feitas à mão e peças forjadas por ele mesmo.

O alpinista era notável por subir montanhas navegando por instinto e descer elas usando sua memória. O escritor Fosco Maraini, quem acompanhou Cassin em várias expedições, aprendeu isto em primeira mão:

"Há algo indestrutível neste homem Paleolítico e Neandertálico. Escalando com ele você sente uma força interna totalmente desconhecida ao nosso complicado, mecanizado e intelectual mundo". Maraini disse aos autores de "50 escaladas clássicas da América do Norte" que Cassin tem "um contato supremo com as rochas e céu, gelo e vento. Qualquer mestre Zen iria reconhecer ele come sendo um deles."

Riccardo Cassin nasceu no dia 2 de janeiro de 1909. Sua família de camponeses viveu em San Vito al Tagliamento, no nordeste da Itália. Ele tinha 3 anos quando seu pai morreu asfixiado numa mina no Canadá, trabalhando para juntar dinheiro para a família.

Cassin deixou a família com 17 anos e começou a trabalhar como ferreiro em Lecco, próximo ao Lago Como. Ele teve seus primeiros contatos com a montanhas nas viagens que ele fazia com seus amigos aos picos de 2000 metros na região. Eles se auto denominavam os "Ragni Di Lecco" ou "Os aranhas de Lecco".

Logo depois "Os Aranhas" começaram a fazer coisas cada vez mais ambiciosas, até mesmo as caras norte mais famosas dos Alpes. Em 1937 ele foi escalar o Piz Badile, que nunca tinha sido escalado. Cassin e sua equipe não somente escalaram a montanha como resgataram 2 escaladores presos numa tempestade. Estes no entanto acabaram morrendo de exaustão durante a descida.

Um ano depois Cassin completou uma das suas principais conquistas: A primeira ascensão do Esporão Walker nas Gandes Jorasses, maciço do Mont Blanc.

Durante a Segunda Guerra, Cassin se livrou de ter que ir lutar por trabalhar em uma fábrica de equipamentos militares. Ele no entanto ele se afiliou a um movimento partidário para lutar contra os alemães mais tarde. Em 1947 ele começou o seu próprio negócio, uma loja de equipamentos de escalada que mais tarde se tornou a internacional Cassin Srl, conhecida pelos equipamentos de ótima qualidade.

Fonte: Los Angeles Times



Publicidade:


Publicidade

Publicidade