10 coisas que você não sabia sobre granito - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Curiosidades

10 coisas que você não sabia sobre granito


Categoria: Meio Ambiente

Granito: escaladores o amam, mesmo que ele rasgue sua pele, roube seu equipamento e os faça sentir tão pequenos. Você sabe como é a sensação do granito nas suas mãos e sob os seus pés, conhece seu cheiro e já viu como ele fica dourado sob a luz do pôr-do-sol, mas aqui estão alguns fatos que talvez você não conheça.

Adaptado de climbing.com por Fer Beck
 
1. A palavra "granito" vem do latim "granum", que significa grão. A textura única e granular do granito é formada por cristais interligados que se formam quando rocha derretida se resfria sob a superfície da terra, se solidificando individualmente como quartzo e feldspato, junto com mica e pequenas quantidades de outros minerais. O tamanho dos cristais depende do tempo que leva para a rocha esfriar. 
 
2. A cor do granito depende principalmente do tipo de feldspato que ele contém. Alguns são brancos, mas certas variedades têm um amplo leque de cores, entre verdes, vermelhos e amarelos claros, dependendo do grau de impureza e traços de outros elementos. 
 
3. O granito forma os penhascos mais altos do mundo, incluindo a Great Tango Tower, no Paquistão, provavelmente o mais alto do mundo com 1676 metros de queda. A Tango Tower é composta por granito baltoro, também encontrado na cadeia de Latok. Outras grandes paredes compostas por granito incluem as do Mont Blanc, na França, o Ruth Gorge, no Alasca, os Bugaboos no Canadá e os grupos Fitzroy e Paine, na Patagonia.
 
4. Os granitos encontrados na Cidade das Rochas, no estado americano de Idaho, no Cochise Stronghold e no Monte Lemmon, no Arizona, e no Little Cottonwood Canyon, no Utah, são todos bem distintos entre si, mas foram formados mais ou menos na mesma época, há 30 milhões de anos atrás. Durante esta época, uma placa oceânica que escorregava por baixo da América do norte se quebrou, expondo a parte inferior da placa continental americana a quentíssimas rochas magmáticas. O calor criou novos pontos de magma, o que gerou imensos corpos de granito espalhados pelo oeste americano.
 
5. Todo o granito da superfície da terra veio das profundezas, geralmente de cerca de 32 km subterrâneos. 
 
6. O pegmatito é a mais frequente rocha "ruim" encontrada no Black Canyon do Colorado, nos EUA, mas tem uma composição parecida com a do granito. O pegmatito tem cristais muito largos, que crescem rapidamente das últimas partes a esfriarem em uma formação de granito. O pegmatito tem alta incidência de outros componentes, incompatíveis com o granito que se formou ali. Quando uma parte de pegmatito se solta na sua mão, é bom ficar de olho: muitas vezes a parte solta pode conter pedras raras e minerais como água marinha, esmeraldas e turmalinas.
 
7. A maior montanha de granito do mundo é o Kangchengjunga, no Himalaia, com 8586 metros, a terceira maior do mundo, atrás do Everest (8848 metros) e do K2 (8611 metros).
 
8. No parque nacional do Yosemite, na Califórnia (EUA), o granito encontrado nos icônicos El Capitan e Half Dome é diferente. O do El Capitan tem 102 milhões de anos, e é mesclado com diorito, um mineral de cor escura. O Half Dome é mais jovem, composto por um granodiorito que se formou há 87 milhões de anos atrás. 
 
9. Granito é o componente principal da crosta continental. A crosta oceânica é muito mais densa, por conter maiores quantidade de ferro em sua composição. 
 
10. O granito é radioativo. Como muitos outros minerais naturais, ele contém traços de urânio. Alguns corpos de granito, no entanto, contém mais do que a quantia normal de urânio, o que pode causar o gás radônio como subproduto, e este pode causar câncer. Mas não se preocupe, pode continuar escalando tranquilo - perigoso seria ficar em um porão mal ventilado com solo de granito.
 



Publicidade:


Serviços Especializados


GenteDeMontanha

Publicidade

Publicidade