Review do Anorak Stretch Makalu - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Teste de equipamentos

Review do Anorak Stretch Makalu


Categoria: Review de equipamentos

O Anorak Stretch da marca argentina Makalu é uma jaqueta impermeável desenhada para altitudes e que por isso confere robustez e proteção às piores condições de tempo existentes. Nem por isso deixa de ser um produto útil em montanhas menores e até na cidade, pelo contrário, acaba desempenhando a função de isolar a pessoas da chuva e do vento melhor que qualquer outro Anorak. Nosso colunista Pedro Hauck utilizou o Anorak Stretch e conta sua avaliação do produto.

Utilizei o Anorak Stretch da Makalu em 3 expedições aos Andes. Na primeira expedição na Bolívia, onde ministrei um curso de escalada em gelo no Huayna Potosi (6088 metros) e também no Illimani de 6438 metros, a segunda mais alta do país. Enfrentei ventos fortes, neve coloquei à prova a tecnicidade da jaqueta.
 
Na segunda vez fiz uma expedição prolongada ao Chile e Argentina, onde escalei 12 montanhas, sendo que algumas delas ainda virgens (dentre elas a montanha mais alta dos Andes que ainda era inescalada, o Vulcão Parofes). Enfrentei as piores condições que vivi em montanhas, frio de -40 graus, ventos muito acima de 100 km/h e muitas nevascas.
 
Na sequência liderei uma expedição a 3 montanhas que resultou na ascensão do cume mais alto dos Andes ainda inédito a brasileiros nos Andes, o Bonete Chico de 6759 metros. Enfim, não situações para testar esta jaqueta que mesmo depois de ter sofrido tanto ainda está nova! 
 
Além de tudo isso, ainda usei algumas vezes na Serra do Mar do Paraná, local muito úmido e que chove bastante. Vejamos o que eu achei:
 
 
O QUE EU ACHEI (nota de 1 a 10)
 
Da impermeabilidade? (10) 
Por quê? Por ser uma jaqueta mais grossa, ela oferece maior resistência a água, seja a água da precipitação ou aquela que fica na vegetação molhada (que é a que mais molha). Fora isso a jaqueta tem ótimos zíperes impermeáveis e um sistema de selagem das costuras bastante robusto.
 
Da respirabilidade? (8) 
Por quê? Por ser uma jaqueta grossa, ela tem uma respirabilidade mais deficiente, no entanto com os zíperes nas axilas, há uma melhora neste quesito. No entanto senti que nas costas ela é um pouco comprometida, talvez por causa da mochila.
 
Do conforto do tecido? (9 ) 
Por quê? É um tecido que permite boa movimentação, ela é um pouco grosso o que é bom para proteger da chuva, mas atrapalha um pouco na respirabilidade, embora termicamente ele ajuda bem a regular a temperatura, até por que se ajusta bem ao conceito das 3 camadas em roupas de montanha.  
 
Do escoamento da água? (10) 
Por quê? O tecido drena bem a água e as costuras seladas que são bem robustas ajudam que elas não molhem o usuário. O zíperes também também são de ótima qualidade e não molham.
 
Da modelagem? (10 ) 
Por quê? É uma jaqueta bem técnica, além de bonita. O bolso alto e grande permite o uso com uma cadeirinha e é muito útil. Numa alta montanha, como as que escalei, temos o tempo todo que por e tirar luvas e isso é um detalhe importante. Este bolso acaba sendo tão útil que dá até para colocar uma garrafa do tipo nalgene. 
 
Do quesito conforto em geral? (10 ) 
Por quê? Por conta da proteção que ela oferece, da liberdade de movimentos e de ser uma jaqueta técnica, dentro do seu uso específico, que é em montanhismo de altitude, ela é uma jaqueta muito confortável. Me ajudou muito a alcançar o cume em todas estas montanhas.
 
Do peso? ( 9 ) 
Por quê? Não é uma jaqueta leve, mas pelo benefício que ela oferece, os 500 gramas que pesa acaba não sendo muita coisa. Se for levar em consideração a segurança que ela oferece, não há como ter algo mais leve que isso. Os tecidos mais finos não resistiriam ao vento que peguei nas montanhas e teriam rasgado. Esta Makalu mesmo com as piores condições ainda está inteira!
 
 
Dos detalhes e acabamentos? ( 10)
Por quê? É uma jaqueta com bom acabamento e detalhes muito bem pensados, como os bolsos e também as regulagens no gorro que são muito interessantes.
 
Nota pelo conjunto: (9.5) 
Por quê? Uma jaqueta monstra, muito técnica, resistente e durável. Uma jaqueta excelente, mas claro, requer um certo investimento. É um equipamento para desafios maiores, mas nada impede de ser usada em nossas serras. O ponto forte é ser uma jaqueta técnica e ser extremamente resistente, quase indestrutível. Aprovo para uso em montanhas altas como as dos Andes, aliás esta jaqueta tem sido minha companheira em minhas expedições. Uso e recomendo!
 



Publicidade:


Publicidade

Publicidade