Parque Nacional do Caparaó - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras

Parque Nacional do Caparaó


Aventura de:

Depois de quase 300 emails rolando por pouco mais de 3 meses finalmente chegou o dia da nossa tão esperada trip ao Parque Nacional do Caparaó.

No domingo (11jul10), eu, Gui, Jeff, Nane, Lucas, Renan e Mari saímos de Taubaté. Mario saiu do RJ, todos com destino a Manhumirim (MG), de onde partiríamos pra Alto do Caparaó.

Passamos aquela noite "confortável" no ônibus e por volta das 7h da manhã nos encontramos com Mario em Manhumirim, que estava tomando um chá de cadeira na rodoviária desde as 5h da manhã!

De lá o planejado era pegar um ônibus até a cidade de Alto do Caparaó e na praça ao lado da Igreja, um jeep até o acampamento Tronqueira, já dentro do Parque Nacional.

Porém, ao chegarmos na rodoviária com tantas mochilas fizemos a alegria de 2 taxistas, que vieram nos oferecer a viagem de ida e volta direto para o parque. Preço acertado (R$ 260,00 / 8 = R$ 32,50 por pessoa) e partimos, sem ter que esperar mais 45min para o ônibus intermunicipal.

Chegamos na Tronqueira por volta de 11h da manhã e a mula que tínhamos combinado para levar nossa carga só chegou às 14h. Aproveitamos pra conhecer o mirante e o camping, que tem uma ótima estrutura, banheiros com chuveiros, área gramada, grandes mesas de madeira...

Fizemos um lanche e na hora combinada carregamos as mulas com nossas cargueiras e iniciamos a trilha bem marcada que leva ao Terreirão.

Levamos apenas 1h30min para chegar ao abrigo, onde passamos a semana toda. Arrumamos nossas coisas e fomos curtir o primeiro pôr-do-sol da semana! Um espetáculo a parte!

Logo que o sol se pôs jantamos nossos kits Liofoods e por volta das 19h caímos no saco de dormir. Pra recuperar o sono da noite anterior no ônibus e pq o despertador nos acordaria às 2h da manhã da terça-feira, para uma das trilhas mais bonitas do parque, o Pico da Bandeira, Pico do Calçado e Pico do Cristal, três montanhas que estão entre as dez maiores do Brasil.

Pico da Bandeira (2891m) - Pico do Calçado (2849m) - Pico do Cristal (2769m)

O despertador tocou às 2h da manhã e debaixo de um frio de 7ºC saímos dos sacos de dormir, tomamos um café rápido e nos arrumamos para começar a subida ao Pico da Bandeira para ver o nascer do sol.

Às 2:40 iniciamos a caminhada, que é feita sóooo de subidas. Porém a trilha é bem marcada com setas amarelas no chão e é de fácil navegação. Depois de parar diversas vezes pra tirar as blusas, que iam me sufocando de calor, às 5h da manhã chegamos no topo da 3ª maior montanha do Brasil.

O tempo estava ótimo, com pouco vento e ainda bastante escuro. O mar de nuvens começava a aparecer debaixo dos nossos pés à medida que o céu ia clareando. Uma visão realmente incrível e sem sombra de dúvidas, o nascer do sol mais lindo que já vi até hoje nas montanhas!

O sol apareceu por trás das nuvens, esquentando a todos, mas junto com ele veio um vento forte, que nos obrigou a usar todas as roupas disponíveis nas mochilas. Fizemos um lanche, fotografamos muito e partimos rumo ao Pico do Calçado (4ª maior montanha do Brasil). Levamos 45 minutos até seu topo e de lá se tem uma visão incrível dos paredões do Pico da Bandeira.


Carol Emboava. Ao fundo e esquerda Pico do Calçado, à direita Pico do Cristal

Tudo devidamente fotografado, filmado e registrado e iniciamos a caminhada ao Pico do Cristal (7ª maior montanha do Brasil). Levamos também 2h20min, com uma parada de 40min para o almoço na base da montanha.

A subida do Pico do Cristal foi uma delícia, todos adoraram a escalaminhada, com algumas partes bastante expostas. E o visual que se tem lá de cima é lindo. Pode se ver o Bandeira e o Cristal de um lado e do outro o imenso vale que se forma aos pés das montanhas!

Seguindo o tracklog de GPS que háviamos levado acabamos nos enfiando numa roubada daquelas, hahahaha! Descendo a montanha por um lado que não achamos ser o certo, mas fomos mesmo assim (que burrrrrros,rs!), nos embrenhando nos vara-mato e subindo e descendo morros infinitos.

Inevitável pegar o pôr-do-sol ainda no caminho de volta. Todos bem cansados, suados e com fome, chegamos no abrigo depois de 16h totais de caminhada (contando claro com o tempo parado no Bandeira, etc).

E depois de todo esse perrengue foi hora de encarar a pior parte do dia, o banho frrrrrrrio do Terreirão, rs! Esse foi de congelar até a alma!

Cada um preparou seu kit Liofoods e ficamos até tarde batendo papo no quarto, pois o dia seguinte seria bem tranquilo, com algumas cachoeiras e rios.

Acordamos cedinho e demos de cara com os quatis fazendo a festa do lado de fora do abrigo. Eles entravam nas latas de lixo (até as tampadas), saiam com sacolas, rasgavam e espalhavam tudo no chão, uma bagunça!

Tomamos café da manhã super tranquilos, pois o dia seria bem light, com visita somente ao Vale Encantado. Renan e Mari resolveram ficar no abrigo e a tarde o Renan subiu até o Morro da Jumenta, uma montanha bem próxima do Terreirão (com uma subida de uns 30min), mas que tem um visual incrível do Pico da Bandeira, Calçado e Cristal, Terreirão e todo o valem que corta o Parque.

Chegamos no Vale Encantado, que fica bem próximo da Tronqueira e eu, Gui e Jeff encaramos o rio gelado, aproveitando as pequenas quedas d´água que se formam ali. Nane e Lucas tiveram coragem pra molhar apenas os pés e o Mario nem tirou a bota, só fotografou e comeu, hahaha!

Fizemos um lanche e começamos a subida de volta pro Abrigo no Terreirão, num ritmo bem tranquilo. Lá curtimos mais um pôr-do-sol incrível.

A noite fizemos um "Queijos e Vinhos", que estava já combinado. Cada um levou uma média de 200gr de queijo e 1 garrafa pequena de vinho de sua preferência. Foi um banquete! Mais tarde saímos do Abrigo, para curtir o friozinho da noite, bater papo e ver estrelas cadentes.... o céu estava espetacular!!!

Continua...




Publicidade:


Publicidade

Publicidade