Montanhismo Politico... Não!!! - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Desde quando?

Montanhismo Politico... Não!!!


Colunista:

“Não podemos fixar uma data para o começo do montanhismo no Brasil, muito menos achar a paternidade, porque nada disso aconteceu. O montanhismo brasileiro simplesmente apareceu de forma natural talvez entre os séculos XVII e XIX e evoluiu por conta dos próprios brasileiros e também dos imigrantes”(*)

Cada vez fico mais convencido de que “alguns” paranaenses e cariocas estão falando besteira. Esta “historinha” de montanhismo como esporte para justificar paternidade tem profunda conotação política, e foi dessa forma que os franceses fizeram... E um bando de sul americanos desinformados querem fazer o mesmo. Por exemplo, se for seguida essa linha de pensamento, o Everest NAO FOI conquistado em 1953, porque foi puro ato político (geopolítico) inglês, numa disputa direta com franceses, suíços... Inclusive militares participavam... Voces não concordam? Sendo assim, o Everest foi conquistado somente quando o primeiro escalador foi lá com fins puramente esportivos, de acordo com o raciocínio de alguns paranaenses? Voces concordam?

Enfim, tudo isso não passa de baboseiras. Bem na base da Serra do Ponto (1195m), em Pernambuco, tem pinturas rupestres de milhares de anos onde foram achados também ossadas de 83 pessoas. Milhares de nativos viveram por ali durante muitas dezenas de séculos. Não seria ingenuidade de paranaenses e cariocas acreditarem que esses brasileiros primitivos não subiam a Serra do Ponto por simples prazer, para observar paisagens mais distantes? Mas o mesmo deve ter acontecido em MG, BA, nas incríveis formações rochosas (inselbergues) do Nordeste... Tudo isso antes do ano 1500.

Erraram profundamente os paranaenses que cismam com a “historia” da subida do Olimpo em 1879, sem mesmo conhecerem direito a historia nacional. O próprio Pao de Açúcar era subido por prazer (“esportivo”) a partir de 1838, como mostram registros, mas é quase certo que já se fazia isso antes. Certamente já se fazia, também, escaladas técnicas no Brasil antes do Dedo de Deus em 1912, o problema é que esta atividade não era organizada ou reconhecida, e a mídia da época deu enorme valor ao feito, e com razão! Entretanto, já vi caprinocultores no ES subir enormes costões deslcalços, com lances de III grau, para capturar cabritinhos perdidos. Ora seus (...), aqui a maioria faria isso encordado e com sapatilhas, outros encheriam aquela rampa com grampos. Isso devia(deve) também acontecer com freqüência no Nordeste há dois ou três séculos atrás!    

O que está acontecendo é que pessoas sem fundamentos (ou mal intencionadas) estão promovendo uma discussão bairrista muito parecido com as torcidas de futebol... Ou estão querendo, de alguma forma, tirar proveito POLITICO disso, não é mesmo? Esqueçam essa besteira de berço ou paternalismo do montanhismo brasileiro, isso NAO EXISTE.

Aos estudiosos do assunto, apenas continuem pesquisando sobre a historia do montanhismo/escalada de sua região, ou nacional, contribuindo para um conhecimento melhor da nossa atividade. Mas vai passar como idiota se vier com essa historia ridícula de berço do montanhismo.

Depois dessa, vou tomar meu whisky sossegado... Fora do computador e pessoalmente, somos mais amáveis... Hahaha

Abraços para todos.

Antonio Paulo Faria

(*) Montanhismo Brasileiro: Paixão e Aventura (2006).



Publicidade:


Publicidade

Publicidade