Parque Nacional do Itatiaia - Diretrizes para Travessias - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Itatiaia

Parque Nacional do Itatiaia - Diretrizes para Travessias

O Parque Nacional de Itatiaia (PNI), anunciou no dia 25 de março, a abertura da Travessia da Serra Negra, via Aiuruoca, que foi aprovada na última reunião da Câmara Técnica de Montanhismo e Ecoturismo

Fonte:

O Parque Nacional de Itatiaia (PNI), anunciou no dia 25 de março, a abertura da Travessia da Serra Negra, via Aiuruoca, que foi aprovada na última reunião da Câmara Técnica de Montanhismo e Ecoturismo (CTME). A FEMERJ , a FEMESP e o GEAN fazem parte desta Câmara Técnica e do Conselho Consultivo do PNI. O representante da FEMERJ nestas reuniões é Edson Santiago, do Grupo Excursionista Agulhas Negras.

A travessia Serra Negra, via Aiuruoca está reaberta desde o dia 30 de março.

Abaixo se encontram as diretrizes gerais para abertura das travessias no PNI, modificada recentemente, e as diretrizes específicas da Travessia da Serra Negra e da Ruy Braga, aberta em 2007.


Diretrizes para Realização de Travessias no Parque Nacional do Itatiaia

Travessia da Serra Negra (Rebouças - Santa Clara)

Travessia Ruy Braga (Rebouças - Sede)

Diretrizes Gerais

1) A capacidade máxima das Travessias consta nas Diretrizes Específicas de

cada uma.

2) A realização das Travessias será feita por agendamento, conforme

procedimentos descritos abaixo:

a) Alternativa de contato

- via fax pelos telefones (24) 3352 1461/3352 7001,

. por email pelo endereço eletrônico parnaitatiaia.rj@icmbio.gov.br ,

. o endereço para a correspondência postada é: Parque Nacional do

Itatiaia - Caixa Postal 83657 - Itatiaia/RJ - CEP 27 580-000.

b) A antecedência mínima para solicitação de reserva é de dez dias úteis em relação à data desejada, com confirmação até cinco dias úteis antes da data desejada.

c) A antecedência máxima para aceitação de agendamento é de trinta dias, devendo ser feita a confirmação até cinco dias úteis antes da data desejada para utilização. A falta de confirmação acarretará na suspensão da reserva.

d) O documento a ser encaminhado ao Parque, com o título AGENDAMENTO DA TRAVESSIA ........(nome da travessia), deverá conter as seguintes informações: data desejada, número de pessoas, número de dias previsto, nome e CPF do responsável e de todos integrantes do grupo, e identificação da entidade/empresa a que pertence o grupo (se for o caso). No Termo de Responsabilidade, a ser preenchido no Posto Avançado do Planalto - Posto Marcão, será incluída a indicação de caráter comercial ou não da atividade.

e) O Setor de Uso Público do Parque, após analisar o pedido, enviará um fax, e-mail ou telefonará à pessoa solicitante, comunicando a aceitação ou não da reserva. Em caso positivo informará o número do agendamento.

f) Para cada pessoa que realizar a travessia será cobrada a taxa diária pelo uso de trilha e, se for o caso, a taxa de pernoite em área livre (camping), segundo os valores praticados na oportunidade da execução da Travessia.

g) O pagamento das taxas e ingressos deverá ser feito integralmente quando da entrada do grupo no PNI pelo Posto Avançado do Planalto - Posto Marcão.

3) Não há, ainda, a possibilidade de conexão entre as duas travessias.

4) Será amplamente divulgado o risco de realizar excursões na estação chuvosa, sendo possível o fechamento das Travessias, neste período, pela ocorrência de precipitações torrenciais. Durante a estação chuvosa, poderá haver redução da capacidade de visitação, em função da avaliação do monitoramento.

5) Os responsáveis pelas excursões dos clubes de montanhismo e da AGUIMAN realizarão o registro de ocorrências de indicadores de conservação da trilha. Os relatórios da inspeção comporão o monitoramento das travessias e servirão para ajustar as práticas de conservação, indicando as intervenções necessárias. Além dos relatórios de inspeção, FEMERJ e FEMESP formarão uma base de dados, com alimentação via web, para registro de ocorrências nas Travessias. É recomendável que todos os responsáveis pelos grupos que realizarem as travessias também contribuam para a formação de uma base de dados, relatando ocorrências. As informações levantadas serão repassadas ao Setor de Uso Público do PNI e à Câmara Técnica de Montanhismo e Ecoturismo (CTME), servindo de base para o monitoramento.

6) A CTME irá avaliar os dados do monitoramento e definir as estratégias de gestão a serem propostas ao Setor de Uso Público.

7) As excursões devem ser limitadas a grupos de 13 pessoas, incluindo o responsável pelo grupo.

8) A FEMERJ e a FEMESP apoiarão a equipe do Parque na gestão da Parte Alta, em especial no manejo das Travessias. Este apoio também terá a colaboração do GEAN e da AGUIMAN.

Diretrizes Específicas

1) Travessia da Serra Negra

a) Execução no sentido Rebouças - Mauá, com chegada na área de Santa Clara.

b) O itinerário não tem seu início próximo à Pousada Alsene. Ele inicia no Posto Marcão e segue o mesmo caminho que leva à Cachoeira do Aiuruoca, onde inflete (dobra) na direção geral da calha do Rio Aiuruoca, indo encontrar o antigo itinerário no local onde duas construções de madeira são conhecidas como Cabanas do Aiuruoca. Dali segue o caminho antigo.

c) A capacidade máxima é de 40 (quarenta) pessoas/dia.

d) O local permitido para pernoite é na área conhecida como Matão, onde se situam as residências do Sr Anísio e de seus familiares. (telefones de contato: (35) 9915 2460 Sonia e (35) 9149.7746 Marcelo).

e) A Travessia poderá ser feita em até dois dias, ou em um dia, sem pernoite.

f) No Posto Avançado do Planalto - Posto Marcão - quando do início da Travessia, será entregue um cartão de controle ao responsável pelo grupo. O controle de saída, ou seja, de término de execução da Travessia, será feito mediante a devolução deste cartão de controle no Posto do ICMBio em Visconde de Mauá, diretamente ao funcionário ou, na ausência do mesmo, por depósito em urna existente para tal. A devolução do cartão de controle deverá ser feita em até 24 horas após a chegada no final da Travessia.

g) O PNI não se responsabiliza pelo agendamento da estadia na área do Sr. Anísio. O interessado deverá fazer contato direto para acerto do pernoite, após ter obtido do Setor de Uso Público a autorização para realizar a Travessia.

2) Travessia Ruy Braga

a) Execução no sentido Rebouças-Sede, com chegada no Posto da Ponte do Maromba.

b) A capacidade máxima é de 20 (vinte) pessoas/dia.

c) O pernoite é permitido apenas na área do Abrigo Massena.

d) A Travessia pode ser feita em até dois dias, ou em um dia, sem pernoite.

e) O Condutor deverá informar a chegada do grupo ao vigilante de serviço no Posto do Maromba. Caso a chegada ocorra após às 17 horas a informação deverá ser prestada ao vigilante de serviço no Posto 2, localizado próximo da sede do Parque".

Para mais informações: http://www.icmbio.gov.br/parna_itatiaia.


Assessoria de Imprensa da FEMERJ
Abril de 2009

Publicidade:


Publicidade

Publicidade