Morre alpinista que conquistou o K2 - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Dia triste para a história do alpinismo

Morre alpinista que conquistou o K2

O alpinista italiano Achille Compagnoni, o primeiro homem a colocar os pés no topo do K2, juntamente ao também italiano Lino Lacedelli, faleceu ontem aos 94 anos.

Fonte:

Compagnoni, que morreu num hospital na cidade de Aosta, norte da Itália, estava hospitalizado já há algumas semana, devido a problemas relacionados com sua idade.

O montanhista nasceu no ano de 1914, e foi um dos líderes da expedição que no dia 31 de Julho de 1954 conquistou o K2, a segunda montanha mais alta do mundo.

Naquela ocasião, Compagnoni foi considerado um dos mais resistentes alpinistas da época, devido aos vários congelamentos que teve em seus dedos, quando do ataque ao cume.

O escalador foi também campeão italiano de esqui, além de ter escalado o Cervino diversas vezes, sempre por rotas inéditas.

Tais feitos renderam duas grandes homenagens do congresso italiano: A medalha de ouro civil, em 1954, e a nomeação de “Cavaleiro da Grande Cruz”, uma espécie de medalha de honra italiana.

A escalada do K2 foi narrada em dois de seus livros: “Homens no K2”, lançado em 1958 e “K2, conquista italiana entre história e memória”, lançado em 2004.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade