Portuguesa Daniela Teixeira parte hoje ao Gasherbrum II - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
De olho no Karakoram

Portuguesa Daniela Teixeira parte hoje ao Gasherbrum II

A alpinista portuguesa, colunista do AltaMontanha.com, embarca hoje, juntamente ao também português Paulo Roxo, em sua nova jornada ao Gasherbrum II

Fonte:

O casal tentará a ascensão em estilo alpino, através da rota conhecida como Esporão dos Franceses, no sul da montanha, aberta em 1975 pelos alpinistas Franceses (!!!), Marc Batard e Yannick Seigner.

Esta não será a primeira vez que Daniela tenta o GII pelo Esporão dos Franceses. Em 2008, depois de aclimatar na via normal até aos 7000 metros, ela e seu parceiro entraram no Esporão dos Franceses em estilo alpino.

A tentativa, apesar de contar com alguns atrasos e, meio sem querer inaugurar uma nova linha de entrada no Esporão dos Franceses, seguiu firme até a dupla chegar a conclusão de que seria impossível alcançar o topo da montanha antes do mal tempo, o que o fizeram desistir daquela investida.

Apesar de nesta nova oportunidade não conseguirem o apoio de nenhuma empresa, e literalmente pagarem a expedição do próprio bolso, a dupla esta muito animada para a escalada, que deverá iniciar efetivamente em aproximadamente 15 dias.

O Gasherbrum II

Gasherbrum II ou simplesmente GII é também conhecido como K4 e é a décima terceira montanha mais elevada do mundo. Gasherbrum II é o terceiro pico mais elevado dos montes de Gasherbrum, situado na região de Karakoram, no Himalaia.

A rota padrão é através do cume a sudoeste, que é relativamente livre de perigos, tais como as quedas e as avalanches de gelo.

O GII foi escalado primeiramente em 8 de Julho de 1956 por Fritz Moravec, Josef Larch e Hans Willenpart, todos integrantes de uma expedição austríaca.

O primeiro português a atingir o seu cume foi João Garcia, em 2 de Agosto de 2001, sem recurso a oxigênio artificial.

Já para os brasileiros, o GII representa uma grande dúvida para o montanhismo tupiniquim. Isso por que pode ser considerado como o primeiro cume de 8 mil metros de um brasileiro, caso se adote a idéia de que Michel, apesar de nem falar português fluentemente, seja brasileiro... Caso a opinião seja a de que ele não é brasileiro, os méritos então seriam de Waldemar Niclevicz, que chegou ao seu topo em 1999, sem o uso do oxigênio. (Para saber mais)

O Portal AltaMontanha.com ficará atento a todos os momentos da expedição e deseja desde já muito boa sorte ao casal Daniela Teixeira e Paulo Roxo!


Veja aonde fica o Gasherbrum II


Visualizar GII em um mapa maior

Publicidade:


Publicidade

Publicidade