Bolívia: Andinista morre no Pico Tunari - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Acidente fatal

Bolívia: Andinista morre no Pico Tunari

Foi encontrado na tarde de ontem (terça feira) o corpo do andinista Santiago Regalsky, próximo ao Pico Tunari, de aproximadamente 5.200 metros de altitude, na Bolívia. Na região, foi encontrado ainda uma fabrica de cocaína!

Fonte:

Segundo os parentes da vítima, Santiago estava treinando para escalar o Illimani em julho e possuía mais de onze anos de experiência em Andinismo.

O montanhista estava desaparecido na região desde domingo passado e conforme as informações prestadas pelo coordenador da equipe de resgate, o corpo estava caído logo abaixo de uma grande encosta rochosa, com mais de 30 metros de altura e, devido aos muitos hematomas, imagina-se que o alpinista teve problemas durante sua descida da montanha, vindo a sofrer uma grande queda, não resistindo aos ferimentos.

O cadáver do andinista boliviano foi transportado ao Hospital Viedma, onde será realizado procedimentos para apurar as causas e a data de sua morte.

Santiago Regalsky possuía 21 anos, era estudante de Biologia e apaixonado por escalada, atividade que exercia a mais de 11 anos. Sua escalada ao Pico Tunari era parte de seu treinamento para subir o Illimani no próximo mês de julho.

O andinista iniciou sua escalada no dia 5 de junho, e garantiu seu retorno para o domingo, dia 7. Porém, como não reapareceu, sua família deu o alerta.

Fábrica de Cocaína

Durante as buscas, a equipe de resgate se deparou com uma fábrica de cocaína nas proximidades do caminho que Santiago pretendia fazer, o que causou dúvidas se o mesmo não haveria sido raptado por narcotraficantes, fato não confirmado, uma vez que o corpo foi encontrado mais próximo ao topo da montanha.

O diretor da Força Especial de Luta Contra o Narcotráfico da Bolívia, Coronel Orlando de La Fuente, lamentou o desaparecimento do alpinista e admitiu que nada sabia da produção da droga na região e que já está realizando todas as diligências possíveis para prender os responsáveis.

Pico Tunari

O Pico Tunari localiza-se na cordilheira de mesmo nome, na região da cidade Cochabamba, na Bolívia. É a maior montanha da região, possuindo aproximadamente 5.200 metros de altitude. Em boa parte do ano seu cume fica totalmente encoberto pela neve, que desaparece nas proximidade do mês de junho, voltando a aparecer em setembro.

A montanha possui dois acessos principais, sendo o mais conhecido pelos brasileiros o que se inicia no parque Pairumani. Sua caminhada de aproximação é bem longa, porém leva à um local de rara beleza. O acampamento base localiza-se em meio a grandes paredes, algumas com quase mil metros de altura, o que garante grande proteção as intempéries.

O ataque ao cume da montanha leva em torno de 10 horas, entre subida e descida, e é uma ótima opção de aclimatação àqueles que pretendem escalar as montanhas bolivianas durante a temporada.

Publicidade