Travessia Chamonix-Zermatt com esquis, em menos de 24 horas - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Alpes

Travessia Chamonix-Zermatt com esquis, em menos de 24 horas

Costuma levar entre 6 ou 7 dias para fazer a ´Haute Route´ com os esquis de travessia. Mas tem gente que está mais forte que o normal. Os membros do CAF, Lionel Bonnel e Stéphane Brosse realizaram a travessia em 21 horas e 11 minutos, na qual tiveram que cobrir 8.600 metros de desnível positivo

Fonte: kairn.com

Lionel Bonnel pertence ao grupo Excellence do CAF (Clube Alpino Francês), é competidor habitual de esqui-alpinismo e habitual dos Raids de aventura. Stéphane Brosse, também membro do CAF, foi 3 vezes campeão do mundo de esqui-montanhismo, 3 vezes campeão da ´Pierra Menta´, 2 vezes ganhador da PDG e ganhador do Trofeo Mezalama.

E este dado do currículo foi colocado nesta linha para que se destaque. Stéphane Brosse tem o recorde com esquis na ascensão Chamonix-cume do Mont Blanc-Chamonix. Em 5 horas e 15 minutos, desde o povoado ao cume, e volta.

A ´Haute Route´ foi realizada sem assistência técnica, em total autonomia, transportando integralmente todo seu material: esquis, cordas, etc). Os dois esquiadores sairam à 1 da manhã de 2 de maio da Igreja de Chamonix, e terminaram às 22:11h desse mesmo dia na Igreja de Zermatt. Três abastecimentos foram previstos, em L’A Neuve, Bourg St Pierre e na cabana de Valsorey.

O percurso realizado foi:

Chamonix, Argentière, Col du Chardonnet, Col de la gd lui, L’A neuve village, Le Basset, Bourg St Pierre, Col du Sonadon, Col du petit mt Colon, Col de l’Evêque, col du mt Brulé, col de Valpeline, Zermatt.

Seus primeiros comentários ao terminar foram: “Felizes por ter terminado!! Houve momentos de dúvida na longa ascensão do glaciar d’Otemma ao meio-dia, ali estivemos a ponto de abandonar, mas a motivação era muito forte e recuperamos o ritmo nos colos de Mont Brulé e de Valpeline.”

Fonte: www.kairn.com

Publicidade:


Publicidade

Publicidade