Maximo Kausch escala possível nova rota no Cordón del Plata - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Escalada Alpina nos Andes

Maximo Kausch escala possível nova rota no Cordón del Plata

Os montanhistas Maximo Kausch e Isabel Suppé acabaram de descer do Cordón del Plata em Mendoza, aonde escalaram duas rotas alpinas de grande dificuldade técnica. Uma delas, ao que parece, nunca havia sido escalada antes.

Fonte:

Na companhia da alemã/argentina Isabel Suppé, Maximo Kausch pode ter logrado abrir uma nova rota no Cordón del Plata em Mendoza, Argentina. A rota, que não tem nome ainda e não consta no Guia de escaladas da região, fica na face Leste do Vallecitos, montanha com cerca de 5500 metros de altitude.

A rota tem trechos em gelo e em rocha, a sugestão de Maximo é que ela seja graduada em D/D+ 800m IV 50/75º. De acordo com ele, as dificuldades foram a qualidade da rocha, que quebrava com a mola dos Camalots e o mal tempo.

Além desta possível rota nova, a dupla ainda escalou a supercanaleta do Cerro Rincón, que é a segunda montanha mais alta do Cordón del Plata. Esta é uma rota muito mais popular, entretanto o acelerado degelo das montanhas dos Andes Centrais tem dificultado muito a escalada por ali, sendo que esta rota já vitimou escaladores por conta da queda constante de rochas.

Maximo diz que por conta disso, acabou desviando do trecho normal da supercanaleta em seu final e escalou um outro tramo misto, com rocha podre e instável. No total, segundo ele, a extensão da supercanaleta ficou assim graduada: D/D+ 1000m V 75º.

Um ano e tanto

Este tem sido um ótimo ano para Maximo Kausch, nascido na Argentina, criado no Brasil (aonde aprendeu a escalar), mas que viveu seus últimos anos na Inglaterra.

Após ele ter trabalhado como lider de expedição no Cho Oyo no ano passado, ele começou 2009 escalando nos arenitos de Wadi Rum na Jordânia, veio ao Brasil para se reencontrar com o amigos e esteve por São Paulo, Minas e Paraná, para depois ir para a região de Bariloche, Argentina e depois para a Bolívia, onde escalou as quatro montanhas mais altas do país, dentre elas o Illampu, a mais difícil daquele país.

Além das escaladas, Maximo, que também é colunista do AltaMontanha.com, teve três filmes selecionados para o Festival de Filmes Kmon no Rio de Janeiro, sendo que um deles ficou em segundo lugar, empatado com mais duas outras produções. Falando em video, ele editou algumas imagens de suas recentes escaladas, veja abaixo:



Veja mais sobre estas escaladas no site Gentedemontanha

Publicidade:


Publicidade

Publicidade