Raineri e Kepke liberados para partirem ao cume do Everest - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Montanhismo

Raineri e Kepke liberados para partirem ao cume do Everest

Enquanto os chineses alcançavam seu objetivo de colocar a tocha olímpica no topo do mundo pelo lado tibetano, Rodrigo e Du Keppke retornavam ao BC para segundo ciclo de aclimatação

Fonte:

Eduardo Keppke e Rodrigo Raineri estavam duplamente felizes ao retornar ao Campo Base (BC) do Monte Everest após período de descanso e recuperação em Namche Bazar (3.440 metros de altitude).

“O caminho entre o BC e Namche Bazar é longo, são quase 2.000 metros de desnível e muitos lugares onde ficamos não eram confortáveis. Aqui no Campo Base nossa estrutura está ótima e até brincamos que voltamos à nossa casa”, contou Rodrigo Raineri.

Raineri continuou, “o dia (08/05) amanheceu bom, um pouco nublado e úmido, sem vento e a torcida geral é para que os chineses tenham conseguido alcançar o cume pela Face Norte (Tibet) e levado a tocha olímpica ao topo do mundo”.

Logo após o primeiro contato com o Brasil que ainda foi feito sob censura dos militares nepaleses, Rodrigo voltou a telefonar para avisar que a montanha tinha sido liberada. O Campo Base estava em festa: “são 08h35 da noite, está nevando um pouco e estamos felizes porque recebemos todo equipamento de comunicação que estava confiscado, de volta. Agora podemos telefonar para o Brasil com tranqüilidade. Estamos na nossa barraca refeitório e o clima é de festa e confraternização. A montanha voltou a ser o que sempre foi e o que deve ser: a dificuldade é a montanha, o clima e a nossa adaptação às condições daqui, sem militares e sem controle dos chineses”.

Para o cirurgião plástico de Campinas, Eduardo Keppke, a liberação da montanha foi um presente de aniversário antecipado dos chineses para Rodrigo Raineri que completará 39 anos amanhã (09/05).

Amanhã os sherpas da Expedição Everest 2008 Sem O2 Suplementar sobem para finalizar a montagem do Acampamento Base Avançado (6.400 metros de altitude). Enquanto isso Rodrigo e Du Keppke ficam no BC aguardando os repórteres da TV Globo Clayton Conservani e Claudio Marques que chegam no sábado (10/05).

Os jornalistas dormem hoje em Lobuche (4.900 metros), amanhã (09/05) seguem para Gorak Shep (5.100 metros) e no sábado chegam ao Campo Base onde acompanharão o ataque ao cume dos dois montanhistas brasileiros e que deve acontecer na segunda quinzena de maio.

Du Keppke e Rodrigo Raineri explicaram que no dia 11 eles partem para o Acampamento Base Avançado. Rodrigo segue sozinho e o cirurgião plástico estará acompanhado de um sherpa. Esta separação deve-se ao fato de que Rodrigo fará sua investida ao cume da montanha mais alta do mundo sem usar cilindros de O2 suplementares. Já Du Keppke utilizará os cilindros.

Rodrigo Raineri deve dormir uma noite no Acampamento 3 (7.500 metros). Du Keppke, dependendo de suas condições de aclimatação deve chegar até esta altitude, depois ambos descem novamente até o Campo Base para descansar e aguardar uma janela de bom tempo para o ataque ao cume.

A Expedição Everest 2008 Sem O2 Suplementar tem o patrocínio de Wizard e Snake, apoio de Lenços Presidente, Cia. Athletica e Grade 6.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade