Novo reajuste nos preços para entrar no Aconcagua - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Mais caro

Novo reajuste nos preços para entrar no Aconcagua

Quem quiser escalar o Aconcagua terá que desembolsar mais dinheiro que o previsto. Um novo reajuste de aproximadamente 20% será aplicado, a alteração é para todas as categorias e é válida já para esta temporada.

Fonte:

Contudo, os estrangeiros, em especial os brasileiros, não deverão sentir o aumento. Isso se deve ao fato do reajuste se aplicar a tabela em moeda local, no caso, o Peso Argentino. Como este teve uma desvalorização de aproximadamente 20% frente ao dólar, e quase 40% frente ao Real, o valor das tarifas em dólares deverá permanecer praticamente o mesmo.

Assim, o ´permiso´ mais caro, de ascensão durante a alta temporada, passou de 1500 para 1800 Pesos Argentinos. Contudo, quando tratamos em dólares, a diferença foi bem pouca, de 480 para 486 dólares.

Porém, segundo alguns funcionários do Departamento de Recursos Naturais de Mendoza, o aumento deveria ter sido maior, em aproximadamente 50%, como em 2008, o que não foi feito devido a crise internacional que se instalou no mundo em 2009.

O diretor do Departamento, Daniel Gómez, confirmou que o aumento das tarifas deverá continuar em 2010, e sinalizou que isso só não aconteceria caso os prestadores de serviço resolvessem auxiliar o Estado na proteção e manutenção deste monumento natural. Segundo o Diretor, 80% dos visitantes estão atrelados a alguma agência de turismo ou de escalada e estes pouco auxiliam na manutenção da montanha.

Horcones

Segundo Goméz, um dos problemas do parque para esta temporada está no refúgio de Horcones, que foi parcialmente destruído por uma avalanche que caiu no dia 17 de agosto deste ano.

"Estamos conseguindo comprar alguns elementos que nos permitirá montanhas um acampamento, porém toda a estrutura destruída levará mais tempo para se reconstruída. Se acredita que somente para a temporada de 2011 é que teremos um novo abrigo por lá."

Guarda Parques


A quantidade de guarda parques no Aconcagua sempre foi um grande problema na região.

Para este ano, o departamento pretende dobrar o número. Já foram contratados 24 pessoas e há um trâmite para mais 23 contratações, o que resultará em 47 guarda parques na região durante a temporada.

Apesar de o órgão Argentino ter informado apenas a porcentagem do aumento, ainda não existe uma tabela oficial com os novos preços. Contudo, o AltaMontanha.com criou, com base no reajuste de 20% sobre a tabela da última temporada, uma estimativa de custos de ´permisos´ para a temporada 2009/2010. Confira...

Baixa Temporada:
De 15 a 30 de novembro e de 21 de fevereiro a 15 de março
Ascensão: 600 Pesos = 162,00 USD
Trekking Longo: 264 Pesos = 71,00 USD

Média Temporada:
De 1 a 14 de dezembro e de 1 a 20 de fevereiro
Ascensão: 1200 Pesos = 324,00 USD
Trekking Longo: 264 Pesos = 71,00 USD

Alta Temporada:
De 15 de dezembro a 31 de janeiro
Ascensão: 1800 Pesos = 486,00 USD
Trekking Longo: 396 = 107,00 USD

Para conversão, foi usado a tabela equivalente a 1 Peso Argentino = 0,27 USD

* - Apesar da publicação da lei argentina, a informação ainda não consta em nenhum site oficial da Argentina ou sobre o Aconcágua.
** - Preços convertidos para dólares com o câmbio do dia 24 de setembro de 2008.

Para saber mais sobre o Aconcágua visite:
www.aconcagua.altamontanha.com
 ,

Publicidade:


Publicidade

Publicidade