Aconcagua já faz sua primeira vítima na temporada - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Temporada inicial mal

Aconcagua já faz sua primeira vítima na temporada

Um montanhista norte americano morreu logo após alcançar o topo do Aconcagua, ao ser surpreendido por um temporal de neve, fazendo-o errar a rota de descida, informaram fontes da polícia argentina.

Fonte: Los Andes

O nome do montanhista é Michel Miniesil, e possuía 39 anos. Seu corpo foi levado ontem ao acampamento base da montanha.

O alpinista já havia tentado por duas vezes alcançar o topo do Aconcagua, de 6.962 metros de altitude, e há seis dias, realizou sua terceira tentativa pela rota Normal.

Segundo a polícia, devido ao forte vento e a neve, as condições de visibilidade baixaram muito, e Michel acabou tentando descer pelo glaciar dos polacos, onde não conseguiu retornar, morrendo ali.

O corpo foi encontrado na última segunda feira, dia 7 de dezembro, por volta do meio dia, por um grupo de montanhistas que acabara de chegar ao topo da montanha. Segundo o grupo, que já aguardava há alguns dias para realizar o ataque ao cume, a região do topo da montanha vem sendo assolada com regularidade por ventos brancos.

Miniesil, nascido na Tailândia e nacionalizado americano, é a primeira vítima fatal do Aconcagua nesta temporada, que se iniciou no dia 15 de novembro e se estenderá até o dia 15 de março.

Até a última semana, já foram retirados da montanha nove pessoas, devido a vários motivos, informaram os grupamentos de resgate.

O montanhista faleceu em situação parecida à do guia argentino e seus dois clientes que também se perderam no glaciar dos Polacos. Além dos três, um inglês também perdeu a vida na montanha no final do ano passado.

Para esta temporada, é esperado que aproximadamente 7 mil pessoas entrem no parque do Aconcagua, e boa parte desses tentem chegar ao topo do teto das Américas.

Fonte: Los Andes

Publicidade:


Publicidade

Publicidade