Consulta publica do Parque do Guaricana é cancelada em Guaratuba - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Pela justiça

Consulta publica do Parque do Guaricana é cancelada em Guaratuba

A Consulta pública sobre a criação de um novo Parque Nacional na Serra do Mar do Paraná foi cancela pela justiça. A prefeita de Guaratuba comemorou.

Fonte:

O Parque Nacional do Guaricana poderá ser o quinto parque da Serra do Mar paranaense. Com o projeto de implementá-lo na serra do Guaricana e Araraquara, ao Sul do Maciço do Marumbi, boa parte das terras do projeto já pertencem ao ICMbio, como parte de duas fazendas do extinto Banco Bamerindus que foram repassados para a União para saldar as dívidas da instituição.

Entretanto há ainda uma polêmica quanto a situação fundiária do restante da área do projeto e muitos rumores de que famílias teriam que deixar a região para a implementação do Parque.

De acordo com o projeto original, o Parque não abrangeria vilas e bairros das cidades adjacentes, Guaratuba e São José dos Pinhais, mas mesmo assim a prefeita do município de Guaratuba, Evani Justus é contra a implementação do Parque.

A região é pouco conhecida pelo turismo, mas abriga uma bela parcela de Mata Atlântica, Matinha nebular e Campos de altitude bem preservados. Infelizmente, mesmo com grande potencial paisagístico, o que a região mais atrai são palmiteiros, caçadores e madeireiros, extrativistas ilegais que põe em risco a diversidade biológica da Serra do Mar.

Recentemente em uma ação da Polícia Federal, foi desmontada uma quadrilha que explorava palmito ilegal na Serra do Mar. A Organização se mostrou uma grande máfia, com a presença de diversos funcionários públicos, como pessoas do Instituo Ambiental do Paraná, Força Verde e principalmente o vice prefeito de Guaratuba e o ex prefeito do município, que eram donos de uma empresa que "legalizava" o palmito extraído ilegalmente na Serra do Mar.

O ICMbio terá a dupla missão de proteger o patrimônio natural da Serra do Mar e não promover um êxodo rural das comunidades carentes que vivem perto da Serra. Além é claro de travar uma briga com a prefeitura de Guaratuba, que já está com a imagem manchada pela prisão de seu vice prefeito envolvido em crimes ambientais na Serra.

Saiba mais:

Relatório oficial do ICMbio sobre o Parque do Guaricana


Presa quadrilha de Palmiteiros que atuava na Serra do Mar paranaense



Publicidade:


Publicidade

Publicidade