Mudança no clima reduz em 40% área de geleira peruana - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Cordilheira dos Andes

Mudança no clima reduz em 40% área de geleira peruana

A geleira Pastoruri, cenário de competições esportivas e uma das mais visitadas por turistas, situada na imponente Cordilheira Branca do Peru, ficou reduzida a uma pequena calota de gelo.

Fonte: Gazeta do Povo

A razão para isso são as mudanças climáticas, informou hoje Marcos Zapata, coordenador da Unidade de Glaciologia do Instituto de Recursos Naturais (Inrena). O retrocesso na área é tão grande que as autoridades do Parque Nacional Huascarán não se dispuseram a reabrir o acesso de turistas a Pastoruri. O acesso é normalmente liberado em abril, após o fim da temporada de chuvas na área (entre janeiro e março).

Zapata disse que, de acordo com as medições efetuadas entre 1995 e 2007, a Pastoruri perdeu 40% de sua superfície glacial. "Em 1995, a Pastoruri tinha uma área de 1,8 quilômetro quadrado, em 2001 há havia se reduzido a 1,4 e em (setembro de) 2007, já estava em 1,1 quilômetro quadrado. Já não a consideramos uma geleira, mas uma calota de gelo", explicou Zapata.

O aquecimento global desatou um veloz processo de derretimento das geleiras peruanas. Uma delas, chamada Broggi, desapareceu completamente em 2005, segundo o especialista. A Cordilheira Branca é uma cadeia de montanhas cobertas por neve e circundada por geleiras. Está localizada no departamento (Estado) de Ancash 320 quilômetros ao norte de Lima, e é muito visitada por peruanos e estrangeiros adeptos de esportes de aventuras.

Fonte: Gazeta do Povo
 ,

Publicidade:


Publicidade

Publicidade