Prefeito do Rio apoia o projeto Acesso às Montanhas - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Acesso

Prefeito do Rio apoia o projeto Acesso às Montanhas

O Projeto Acesso, da Federação de Montanhismo do Rio de Janeiro, visa negociar e viabilizar o acesso de escaladores em áreas de escalada e montanha. Em 2010 ele terá um grande aliado, o Prefeito do Rio Eduardo Paes

Fonte:

Os problemas com proibições de acesso no Rio de Janeiro poderá ser resolvido com o apoio do prefeito da cidade ao projeto ”Acesso” da Femerj. Diversos locais na cidade há problemas de restrição de escalada por que proprietários e condomínios fecharam os locais e não permitem mais nenhum escalador ter acesso às paredes. Nestes casos, com o apoio da Prefeitura, a Femerj terá um aliado forte na negociação do acesso.

Além do apoio ao projeto, o prefeito também decidiu adotar a festa da abertura da temporada de montanhismo como um dos eventos oficiais da cidade.

Na cidade do Rio de Janeiro há diversos casos de restrição particular à escalada, mas não públicos, ou seja, quando um parque ou outra autoridade pública proíbe a escalada. No Parque Nacional da Tijuca, situada no meio urbano do Rio de Janeiro, a escalada é realizada sem problemas, mas por outro lado a expansão das favelas, o tráfico de drogas e a violência é outro problema que também restringe o acesso à certos locais, como no Morro dos Dois Irmãos e o Morro Dona Marta, na zona Sul da cidade.

O encontro da Femerj com o prefeito, ocorreu através da intermediação do escalador André Ilha, autor do conceito M.E.P.A (máxima eliminação de pontos de apoio), que revolucionou e deu ética à escalada em rocha brasileira nos anos 80. Hoje André Ilha é diretor do INEA, órgão ambiental do Estado do Rio de Janeiro. Com André Ilha no cargo, o montanhismo conseguiu sua representatividade no Estado do Rio e por lá diversos parques estaduais, como o de Três Picos e da Serra da Tiririca, a escalada se desenvolve com ética e conservação ambiental, diferente de outros estados, onde a visão preservacionista dos órgãos ambientais vem cada vez mais fechando importantes picos de escalada e montanhas para os escaladores.

Em Minas

Minas Gerais é o Estado que mais sofre com problemas de proibições. Neste ano, a recém formada diretoria da FEMEMG irá negociar a liberação da escalada em locais como a Lapinha e a Gruta do Rei do Mato, importantes locais da escalada esportiva proibidos pelo IEF.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade