Escalada Esportiva flui no Braço Esquerdo em Corupá – Santa Catarina - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Com varias cadenas!

Escalada Esportiva flui no Braço Esquerdo em Corupá – Santa Catarina

Pico de escalada recebe diversos escaladores de vários Estados brasileiros durante um encontro não combinado de réveillon. Várias vias são postas em cadena e o setor se firma como importante local da escalada esportiva nacional.

Fonte:

Texto adaptado de Daniel Casas

O Setor Braço Esquerdo é um dos melhores locais para a escalada esportiva no Estado de Santa Catarina. Localizado em Corupá, próximo à Joinvile, sua qualidade cada vez mais vêm despertando o interesse de escaladores Brasil afora e mostra disso foi a reunião, não intencional, de escaladores de diversos Estados do Brasil neste feriado de fim de ano. Passaram pelo setor aproximadamente 60 escaladores dos mais variados estados do Brasil, São Paulo, Minas, Rio, Rio Grande do Sul, Paraná e também muitos de Santa Catarina.

O pico, como já se podia esperar, impressionou e agradou a todos, firmando-se dessa maneira um destino nacional para escalada esportiva.

Todos os presentes mandaram muitas vias, inclusive alguns projetos que ainda estavam por cair, destaque para o escalador Kbeça de MG, que mandou tudo, Perdeu Playboy 10c, Humildade no Ar 10b, Influenza 10a, todas em poucas tentativas e ainda em flash fez a Seixo-no-ia 9c.

Para o verão, onde fica difícil escalar em muitos locais devido ao calor, esse setor é perfeito, pois fica na sombra o dia inteiro e junto ao rio, com muitas cachoeiras e piscinas naturais, além de que as chuvas repentinas não molham as principais paredes.

O local é propriedade particular do Sr. Arlindo Paust, e junto ao setor possuí infra estrutura para acampar e uma lanchonete onde serve entre outros um delicioso pastel de palmito e também cerveja gelada.


O setor se destaca pela quantidade e qualidade das vias difíceis, são ao todo 5 vias acima de 10.º e mais dois projetos que ainda não foram escalados.

O interessante desse encontro informal foi a forma como ele aconteceu, sem ser planejado, já havia algum tempo que os escaladores locais tinham interesse em realizar um evento no pico e assim acabou acontecendo de forma inesperada e surpreendente.

Veja mais fotos em:
 ,Ecos da Montanha

Publicidade:


Publicidade

Publicidade