Paulo Roberto - Parofes - e a liberdade das montanhas - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Um montanhista e sua saga

Paulo Roberto - Parofes - e a liberdade das montanhas

O montanhista carioca, radicado em São Paulo, Paulo Roberto “Parofes” está numa nova fase de sua vida. Ele largou tudo em São Paulo e está solto no mundo à procura de aventuras e a liberdade nas montanhas, acompanhe suas histórias aqui no Altamontanha:

Fonte:

Parofes já é um velho contribuidor do AltaMontanha, sempre relatando suas aventuras nas montanhas do Brasil e dos Andes. Desta vez, sua história é diferente, pois ele largou tudo para viver intensamente a liberdade das montanhas andinas.

Paulo rodou mais de 60 horas de ônibus para chegar até Bariloche e, insatisfeito com a exploração turística do local, resolveu ir para o Norte, onde acabou de ascender sua primeira montanha nesta viagem sem planos para terminar, o vulcão Lanin.

A partir de hoje, o AltaMontanha estará divulgando as histórias de Parofes, que são periódicamente publicadas em seu diário de bordo. As histórias do Parofes traduzem o espírito original do montanhista, a procura pelo conhecimento, o altruísmo e a busca por uma liberdade cada vez mais rara.

Estabilidade financeira e trabalho garantido pode ser o sonho da maioria das pessoas em nosso mundo materialista que visa apenas o acúmulo de bens. Entretanto para os verdadeiros montanhistas, respirar ar puro e ver um pôr do sol de cima do monte, vale muito mais do que ter o carro do ano.

Este espírito montanhista é capaz de trazer muita felicidade, quando estamos no meio natural calibrando nossas vidas com a montanha, entretanto não é fácil conciliar esta vida “ideal” com a “real” e o montanhista sempre acaba por entrar em conflito com o pragmatismo do mundo.

Pragmatismo este que força as pessoas a viver em pequenos apartamentos, a sofrerem no trânsito das cidades, a trabalharem o dia inteiro nos melhores dias dos melhores anos de suas vidas. Aonde a necessidade por acúmulo levou as pessoas? a conviverem com a violência, a poluição e à destuição de nossa qualidade de vida... Para que pagar tão caro para viver tão mal? Por que vender nossa liberdade e receber em troca apenas o necessário para sobreviver?

Não temos respostas para estas perguntas, mas vamos acompanhar as aventuras de Parofes nos Andes e torcer por ele nesta nova vida!

Veja as histórias de Paulo Roberto "Parofes".


Publicidade:


Publicidade

Publicidade