Os 5 nominados para o Piolet de Ouro 2010 - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
em abril

Os 5 nominados para o Piolet de Ouro 2010

Foram escolhidas 5 escaladas para o 18º Piolets d’Or, que premia as melhores escaladas de cada ano. O prêmio é dado somente àquelas escaladas que seguem a “essência do alpinismo“. Quase que exclusivamente somente as novas ascensões em estilo alpino são premiadas.

Fonte: pioletsdor.org

Além das escaladas, a organização do Piolet d´Or 2010 decidiu premirar a melhor carreira de alpinismo. O prêmio ficou com o tirolês Reinhold Messner.

A cerimônia de premiação será entre o dia 7 e 10 de abril de 2010 em Courmayeur na Itália e Chamonix na França. O juri conta com 6 alpinistas e jornalistas de vários países: Andrej Stremfelj (alpinista esloveno que ganhou o prêmio em 2001), Jordi Corominas (alpinista espanhol), Lindsay Griffin (alpinista e jornalista inglesa), Anna Piunova (jornalista russa), Robert Schauer (alpinista austríaco) e Kei Taniguchi (alpinista japonês).

O prêmio de 2009 (para escaladas feitas em 2008), contou com uma série de ascensões inovadoras:

1 - Junção de rotas no Denali, Alaska, pelos japoneses Fumitaka Ichimura, Yusuke Sato e Katsutaka Yokoyama
2 - A primeira ascensão completa da face leste do Cerro Escudo na Patagônia chilena. A façanha foi de Dave Turner, que foi companheiro de cordada de Nicola Martinez, colunista do AltaMontanha
3 - Primeira ascensão na face sul do Kamet na Índia pelos japoneses Fumitaka Ichimura e Yusuke Sato (que também escalaram no Denali), e acompanhados por Kazuki Amano
4 - Primeira ascensão da face norte do Tengkampoche no Nepal pelos suíços Ueli Steck e Simon Anthamatten
5 - Nova rota na sul do Nuptse I no Nepal pelos franceses Stéphane Benoist e Patrice Glairon-Rappaz

As escaladas finalistas para o 18º Piolet de Ouro são:


Os cazaques Denis Urubko e Boris Dedechko abriram uma nova via direta na parede sudeste do Cho Oyu (lado nepalês). Com esta ascensão, Urubko se tornou o 15º homem a completar os 14 cumes mais altos da terra.
Nome da rota: Cazaque Dedechko-Urubko
Desnível da rota: 2600m
Grau sugerido: M6, 6b, A2/A3
Data da ascensão: de 11 a 15 de maio de 2009

Chang Himal, 6750m - Nepal

Os britânicos Nick Bullock e Andy Houseman fizeram a primeira ascensão do pilar central da norte do Chang Himal, próxima ao Kangchenjunga. A escalada já tinha sido tentada em 2007 por eslovenos
Nome da rota: Bullock-Houseman
Desnível da rota: 1800m
Grau sugerido: M6
Data da ascensão: de 29 de outubro a 2 de novembro de 2009

Gongga Noroeste, 6134m - China

Os russos Mikhail Mikhailov e Alexander Ruchkin escalaram por primeira vez esta montanha na província de Sichuan. Eles escolheram um pilar de 1100 metros em terreno mixto.

Nome da rota: Carte Blanche
Desnível da rota: 1100m
Grau sugerido: 6c em escalada clássica, escalada mixta, gelo 75 °
Data da ascensão: abril de 2009

Xuelian Feng, 6422m - China

Os americanos Jed Brown, Kyle Dempster e o escocês Bruce Normand escalaram uma nova linha na face norte do cume oeste desta montanha no Tien Shan chinês. O cume só tinha sido alcançado uma vez em 1990 por uma expedição japonesa.

Nome da rota: The Great White Jade Heist
Desnível da rota: 2650m
Grau sugerido: gelo 5, rocha 5 e mixto M6
Data da ascensão: de 26 a 30 de agosto de 2009

Pico Pobeda, 7439m - Quirguistão

Os russos Vitaly Gorelik e Gleb Sokolov abriram uma nova via da difícil face norte do Pobeda, o mais alto do Tien Shan e considerado o mais difícil dos Leopardos das Neves. A dupla demorou 7 dias escalando um difícil pilar de 2400m em estilo alpino. Sokolov (56 anos) e Gorelik (42 anos) são parte da elite atual de alpinistas russos que escalou a oeste do K2 em 2007.

Nome da rota:
Sokolov/Gorelik
Desnível da rota: 2400m
Grau sugerido: ED
Data da ascensão: de 20 a 29 de agosto de 2009

fonte: pioletsdor.org

Publicidade:


Publicidade

Publicidade