Maximo Kausch parte para os Andes de olho no Himalaia - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Incansável

Maximo Kausch parte para os Andes de olho no Himalaia

Montanhista retorna aos Andes argentinos para se aclimatar para um desafio de oito mil metros.

Fonte:

Maximo Kausch partiu ontem do Brasil para a Argentina, onde ele pretende passar cerca de 20 dias se aclimatando em uma montanha na região de Mendoza para mais tarde ir ao Himalaia escalar uma montanha de 8 mil metros.

Maximo trabalha como líder de expedição na Summit Climb, empresa do americano Dan Mazur. Apesar de certo que ele estará em um 8 mil nesta temporada de pré monção, ele ainda não sabe qual. “Depende do Dan” – Disse, ante de partir.

É provável que ele escale ou o Cho Oyo, montanha que Maximo fez cume sem oxigênio em 2008 ou o Lhotse, montanha que ele já tentou escalar em 2005, mas não chegou ao cume.

Maximo prefere não dar muitos detalhes de suas expedições antes das partidas, que é para não gerar muita expectativa. Ele promete que irá para outras montanhas de 8 mil ainda este ano, mas não disse quais.

Maximo Kausch, que é colunista no AltaMontanha, anda realizando feitos inéditos no montanhismo técnico de altitude. No ano passado ele estabeleceu uma nova rota no Cerro Vallecitos, uma variante na famosa e perigosa supercanaleta do Cerro Rincón e também no Cerro Tolosa, todas montanhas andinas com mais de 5 mil metros. Além disso, ele ainda escalou a segunda maior parede dos Andes, a Face Sul do Cerro Mercedario e tentou fazer a maior de todas, a sul do Aconcagua, tentativa frustrada por que um ladrão roubou suas botas no acampamento base da montanha.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade