Cinzas de Edmund Hillary serão depositadas no topo do Everest - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Eternamente no Everest

Cinzas de Edmund Hillary serão depositadas no topo do Everest

O projeto para colocar as cinzas do conquistador do Everest, Edmund Hillary, no topo da montanha mais alta do mundo, no próximo sábado, foi bem recebida pela família e pelos amigos do alpinista da Nova Zelândia.

Fonte:

"É uma boa idéia, que nos deixou muito felizes", disse seu filho, Peter Hillary, para a agência New Zealand Press Association.

A idéia partiu do montanhista Graeme Dingle, que recentemente disse à Rádio Nova Zelândia, que seria mais conveniente que as cinzas de Hillary fossem espalhadas no Everest, em vez de armazenados em um mosteiro budista.

Após sua morte em 2008, a maior parte das cinzas de Hillary foram espalhadas no mar, em frente a cidade de Auckland na Nova Zelândia, sua terra natal, porém, o resto está conservado num mosteiro do Himalaia, na aldeia de Kunde, a leste do Nepal.

Hillary e o nepalês Tenzing Norgay Sherpa converteram-se em parte da história no dia 29 de maio de 1953, quando se tornaram os primeiros homens a chegar ao cume do pico de 8.848 metros (29.028 pés). A Nova Zelândia, mais tarde abriu uma fundação que construiu escolas e clínicas da região Solokhumbu, próximo da base do Everest.

Agora, um Sherpa parte para colocar as cinzas na montanha mais alta do mundo. Ele tentará escalar o Everest em tempo recorde na próxima semana. "Vi Hillary muitas vezes, era um homem maravilhoso que ajudou muitas pessoas aqui", disse Apa Sherpa. "Sem ele, não teríamos clínicas e escolas. Então, eu estou muito feliz de ter suas cinzas comigo rumo ao topo", disse o Sherpa.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade