Conquista do Dedo de Deus nas escolas - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Ensinando a história do montanhismo

Conquista do Dedo de Deus nas escolas

Secretaria de Cultura de Teresópolis quer que as histórias das montanhas sejam conhecidas pelos alunos

Fonte: Diário de Teresópolis

Por Marcello Medeiros

O dia 8 de abril de 1912 é de extrema importância para o montanhismo no Brasil. Foi nesse dia que cinco moradores de Teresópolis chegaram ao cume do até então “invencível” Dedo de Deus, marco da prática do esporte de montanha no país. Noventa e sete anos depois da corajosa empreitada de José Teixeira Guimarães, Raul Carneiro e os irmãos Américo, Alexandre e Acácio de Oliveira, a história da conquista foi retratada em um documentário.

O filme, idealizado pela 9D Produções, abriu a 9ª Mostra Internacional de Filmes de Montanha, realizada em outubro do ano passado no Rio de Janeiro, e em breve deve ser exibido nas escolas municipais. A idéia é da Secretaria Municipal de Cultura, que apoiou o filme. “Os teresopolitanos precisam conhecer a história da conquista dessa montanha, importante não só para o desenvolvimento do esporte, mas para a história da nossa cidade”, lembra o Secretário de Cultura Wanderley Peres.

O título “Caminho Teixeira” se deve ao fato de ter sido esta a via conquistada na face Norte do Dedo de Deus. Os cinco jovens mal sabiam o que era montanhismo ou escalada, mas isso não os impediu de partirem em direção à montanha. “O mais interessante é que a decisão dos brasileiros em escalar o Dedo de Deus partiu de uma espécie de desafio proposto, sem querer, por um grupo de experientes alpinistas estrangeiros. Após tentativa e desistência, os alpinistas concluíram que, se eles não haviam conseguido, a empreitada seria, então, impossível”, conta o diretor do curta-metragem, Alexandre Diniz, com base na pesquisa que originou o roteiro do filme. “Eles só não contavam que o caçador Raul Carneiro, que havia servido de guia para os estrangeiros, ouvisse o desabafo dos alpinistas e tomasse aquilo como um desafio”, acrescenta. A partir daí, o roteiro do documentário conta com detalhes toda a preparação para a escalada e a subida em si, terminando com os cinco brasileiros no cume da montanha.

Para o Secretário de Cultura, o filme mostra muito mais do que uma corajosa escalada. “Documento fiel da escalada de 8 de abril de 1912, além de resgatar o histórico episódio do montanhismo brasileiro, e divulgar a cidade, ‘Via Teixeira’ vai permitir que os alunos da rede pública de ensino conheçam sobre a história das nossas montanhas. Isso é bom”, conclui o Secretário de Cultura Wanderley Peres.

Fonte: Diário de Teresópolis

Publicidade:


Publicidade

Publicidade