Notícias de Niclevicz, Burda e Kausch no Paquistão - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Sulamericanos no Karakorum

Notícias de Niclevicz, Burda e Kausch no Paquistão

A expedição de Waldemar Niclevicz e Irivan Burda avançam no Hidden Peak (Gasherbrum I). No Gasherbrum II, a equipe de Maximo Kausch ganha um incentivo extra, com o primeiro cume da temporada na montanha por uma outra expedição.

Fonte:

Waldemar Niclevicz e Irivan Burda - Hidden Peak

Voltamos ontem para o acampamento base, após montar o acampamento 2 a 6.500m de altitude, fixar 200 metros de cordas novas e recuperar outros 200 metros de cordas velhas de anos anteriores no Corredor Japonês, onde atingimos a marca dos 7.000m de altitude.

A equipe sul-americana está de parabéns por ter realizado todo esse trabalho sozinha, chamando a atenção de outras expedições que começam a se dirigir ao Hidden Peak em razão do nosso progresso.

Tivemos dificuldades até chegar ao local do acampamento 2 em razão de gretas gigantescas e grandes blocos de gelo, na parte final desse trecho acabamos fixando uma corda para vencer um lance vertical de 30 metros.

Passamos três noites no acampamento 2 de onde fizemos duas investidas para superar o Corredor Japonês, a parte mais técnica de toda a escalada. Fixar cordas nesses 600 metros de altura é extremamente importante, mais para a descida do que para a subida, que pode acontecer em situação extrema de mau tempo.

Enquanto trabalhávamos no Corredor Japonês no dia 11 de julho, observamos com entusiasmo colegas chegando ao cume do Gasherbrum II de 8.035m. Um total de 11 alpinistas (05 franceses, 4 poloneses e 2 espanhóis), me fizeram recordar a emoção que senti ao superar essa bela montanha em 1999.

Lógico que morremos de vontade de atacar o cume do Hidden Peak, mas devido à força do vento e também por respeito ao nosso organismo, que ainda não estava perfeitamente adaptado ao ar rarefeito, voltamos ao acampamento base sabendo que após um merecido descanso, precisaremos apenas de uma trégua da natureza para realizarmos esse grande sonho.

Vejam nas fotos que eu fiz um pouco da beleza das montanhas e do resultado do esforço da nossa competente equipe.

Contamos com a oração de todos para o nosso ataque final.

Waldemar Niclevicz

Maximo Kausch - Gasherbrum II

A equipe de Maximo Kausch encontrou dificuldades com ventos fortes que castigaram os montanhistas, o que retardou o avanço à altitudes maiores no GII. Em contrapartida, a expedição francesa e espanhola, relatada por Niclevicz, alcançouo cume da montanha, abrindo caminho para outras expedições.

O tempo não está muito bom, mas assim que abrir, eles já estarão a caminho do cume.

:: Confira os relatos da expedição de Maximo em seu site pessoal: GentedeMontanha.com


Publicidade