Acidente aéreo mata 14 em Lukla, Nepal - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
MAIS UM!

Acidente aéreo mata 14 em Lukla, Nepal

Um pequeno avião a hélice da empresa Agni Air caiu a 50km de Kathmandu, carregando americanos, japoneses e nepaleses. Alguns dos corpos ainda não foram encontrados. Informações preliminares dizem que o acidente ocorreu devido a uma falha em um dos motores.

Fonte: TelegraphNepal.com

A aeronave Dornier-288 saiu de Kathmandu às 07:06am de hoje em direção ao pequeno aeroporto de Lukla, o ponto de entrada ao vale do Khumbu, que leva ao Everest. Devido ao mau tempo, a aerovave retornou em direção à Kathmandu, mas perdeu contato com ambos aeroportos às 07:26am. Acredita-se que o local de desastre é perto da pequena vila de Shikharpur, no distrito Makwanpur.

As autoridades locais acreditam que o total de passageiros era de 14: 4 americanos, um japonês, além de 3 membros da tripulação. As outras nacionalidades são desconhecidas. Agni Air revelou os nomes dos membros da tripulação: Capitão Laxman P.B Shah, o co-piloto Sofiya Singh e a aeromoça Sahara Sherpa.

"Um helicóptero do exército foi enviado ao local para resgate" contou Triratna Manandhar, um oficial do aeroporto de Kathmandu. Testemunhas dizem que o avião está em pedaços e que os corpos estão espalhados no local do acidente.

Acidentes aéreos na região do aeroporto de Lukla são relativamente comuns. O último acidente grave em Lukla foi em Agosto de 2008, quando 18 pessoas morreram. A pista de aterrissagem tem apenas 500 metros de longitude e tem 20 graus de inclinação. Lukla fica a 2800 metros de altitude.

Maximo Kausch está em Kathmandu no momento e contou que chove muito forte no momento, o que vai dificultar um eventual resgate.

Fonte: TelegraphNepal.com

Publicidade:


Publicidade

Publicidade