Curso básico de escalada em rocha em São Paulo - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Aprendendo a escalar

Curso básico de escalada em rocha em São Paulo

O curso básico de escalada em rocha é voltado para o público interessado nas técnicas indispensáveis para o bom exercício da atividade, sempre priorizando a segurança e o desempenho.

Fonte:

Sempre priorizando a segurança e o desempenho, aprende-se desde os conceitos básicos da escalada em rocha, técnicas de ascensão e descenso, técnicas básicas de auto-resgate, bem como o manuseio e manutenção dos equipamentos utilizados. Uma aula de nós também está inclusa, já que é suma importância, a correta realização dos nós para a segurança dos escaladores. O curso possui 16 horas/aula, divididas em duas aulas teóricas, a serem dadas em São Paulo e uma aula prática, a ser dada no município de Pedra Bela - SP.

Por fim, ao final do curso, o aluno estará em condições de realizar escaladas em rocha com autonomia, estando esta sob sua inteira responsabilidade, inclusive aprendendo as técnicas para guiar vias de escalada com proteções previamente fixadas.

Inscrições abertas pela página de contato.

Próxima turma:

29 de Março das 19h às 23h - aula teórica

31 de Março das 19h às 23h - aula teórica

02 de Abril das 9h às 17h - prática em rocha

Locais:

Aulas teóricas em sala de aula localizada na Av. do Cursino, São Paulo - SP. Prática em Pedra Bela - SP (120 km de São Paulo)

Conteúdo abordado nas aulas

1ª aula (4h):

Apresentação aos equipamentos utilizados na escalada em rocha com proteções fixas – características, usos, conservação.

- Cordas,
- Cadeirinhas,
- Mosquetões,
- Costuras,
- Freios,
- Fitas tubulares e chatas,
- Cordins (cordeletes),
- Capacetes,
- Sapatilhas,
- Carbonato de Magnésio,

Apresentação dos nós utilizados em escalada em rocha, conceito nível básico – prática em sala de aula.

- Nó Oito Duplo, pelo chicote,
- Nó Oito Duplo, pelo seio,
- Nó Volta do Fiel,
- Nó UIAA,
- Nó Boca de Lobo,
- Nó de Fita,
- Nó Pescador Duplo,
- Nó Azelha,
- Nó Prusik,

2ª aula (4h):

- Revisão e avaliação prática de nós,

Conceitos de escalada:

- Tipos de escalada,
- Tabelas de graduação de escalada,
- Correta montagem/desmontagem de paradas,
- Segurança para o escalador (sob e sobre o mesmo),
- Realização de Rapel com sistema de backup,
- Correta colocação de proteções intermediárias, para o guia,
- Conceitos de segurança, para o guia,
- Queda “fator dois”,
- Conceitos teóricos de auto-resgate.

Ética da escalada e mínimo impacto,

Aula prática (o dia todo – 8h):

- Em Pedra Bela/SP (120 km de São Paulo).
- O aluno irá colocar em prática o aprendido nas aulas teóricas escalando como participante, em “top rope” e simulação de via guiada. Também efetuará montagem e desmontagem de paradas assim como descida por corda (rapel) com sistema de backup. Também será feito exercício de auto-resgate, com ascensão direta pela corda.
- Ao final do curso o aluno terá todo embasamento teórico e prático para realizar escaladas em locais com proteção fixa com total autonomia e segurança.

Investimento:

3 parcelas de R$ 150,00 ou 10% de desconto para pagamento a vista.

Incluso no curso instrução personalizada, equipamentos de segurança certificados e em excelente estado de conservação e material didático.

Não está incluso alimetação e deslocamento até a sala de aula e local da aula prática, sendo organizada entre os instrutores e alunos no decorrer do curso.

É desejável que o aluno tenha sapatilha de escalada, caso tenha dúvida entre em contato!

Turma mínima/máxima: 4/10 alunos.

Inscrições abertas pela página de contato.

Instrutores:

Os instrutores deste curso, além de serem amigos e parceiros de escalada, praticam montanhismo e escalada há diversos anos com experiência no Brasil e exterior. Todos tem grande conhecimento na área técnica da escalada com destaque especial para procedimentos de segurança. Além disso todos estão "na ativa", atualizados com as novidades da área e se aprimorando a cada dia.

Tacio Philip, 33 anos. Fotógrafo e empresário. Com mais de 10 anos de experiência em escalada em rocha e montanhismo escalou em diversos estados do Brasil e exterior, com destaque para região de São Bento do Sapucaí, Pedralva, Salinas, Rio de Janeiro, "Aguja de la S" em El Chalten na Patagônia Argentina etc, sempre com preferência para o estilo de escalada tradicional. Ainda possui no currículo cursos como "Resgate em Montanha" pelo Cosmo e "Avançado de escalada" com Eliseu Frechou entre outros.

Também é montanhista tendo escalado um grande número de montanhas do Brasil, com foco principal na Serra da Mantiqueira e algumas no exterior (Bolívia e Peru). Também realizou diversas travessias e expedições para montanhas pouco exploradas.

Mais informações no site www.tacio.com.br.


Pedro Hauck, 29 anos. Geógrafo e montanhista. Foi diretor de escalada da Federação Paranaense de Montanhismo e também do Clube Paranaense de Montanhismo, onde ministrou diversos cursos de escalada. É colunista e editor do Site AltaMontanha.com, um dos principais meio de comunicação do montanhismo em língua portuguesa.

Já participou de uma dezena de expedições à montanhas andinas, tendo alcançado cume em cerca de 30 montanhas de altitude. Possui ampla experiência em escalada em rocha no Brasil, já tendo escalado em diversos Estados, desde O Rio Grande do Sul até o Nordeste.

Mais informações no site www.pedrohauck.net.


Victor Carvalho, 27 anos. Oficial do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo. É instrutor no Clube Alpino Paulista de Escalada Avançada em Rocha. Possui Curso de Escalada em Gelo e Deslocamento em Glaciares, pela “Andes Ascenciones” (Argentina).


Pelo Brasil já escalou diversas vias na Pedra do Baú, Dedo de Deus, Agulha do Diabo, Pedralva etc. Já escalou diversas vias no Rio de Janeiro e Minas Gerais, em locais como: Pão de Açúcar, Corcovado, Pedra da Gávea, Urca, Babilônia, Parque dos Três Picos, Serra do Cipó, Andradas, região de Itajubá, entre outros locais.

No exterior, realizou escaladas técnicas na região de El Chaltén, patagônia argentina. Já realizou diversas travessias de montanha no Brasil e exterior, como a Travessia Marins-Itaguaré, Petrópolis-Teresópolis e Serra Fina. Fora do país realizou a trilha Inca (Peru), além de caminhadas diversas em Torres Del Paine (Patagônia chilena), Parque Nacional los Glaciares, Parque Nacional Tierra Del Fuego e Cerro Tronador, na patagônia argentina.

Mais informações no site www.victorcarv.blogspot.com.

Inscrições abertas pela página de contato.

Veja aqui algumas fotos dos instrutores praticando escalada em rocha.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade