Caminho do Itupava está interditado - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Por 90 dias

Caminho do Itupava está interditado

IAP interdita trilha por, no mínimo, 90 dias para evitar riscos aos visitantes

Fonte: Jornale Saiba mais sobre o Caminho do Itupava

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) informa que o Caminho do Itupava – localizado entre os municípios de Quatro Barras e Morretes, região da Serra do Mar – será interditado a partir desta terça-feira (05) por um período de, no mínimo, 90 dias. A medida deve-se aos riscos que o local oferece aos turistas, após as fortes chuvas ocorridas no mês de março e que causaram a queda de árvores ao longo do caminho, interrompendo vários trechos do passeio.

“A interdição é temporária e se deve aos grandes riscos de acidentes, assim como à dificuldade da caminhada e a possibilidade de os visitantes se perderem na Serra do Mar”, disse o presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Tarcísio Mossato Pinto.

Segundo ele, pelo menos 26 árvores estão caídas no trecho entre a Casa do Ipiranga e o término do trajeto. Em muitos pontos também ocorreram deslizamentos de terra, encobrindo as pedras e a trilha com lama e deixando o percurso escorregadio. Para garantir a segurança e a revitalização do local, o IAP vai contratar uma empresa especializada na retirada de árvores caídas e retirada de lama.

ITUPAVA – O Caminho é uma das 68 Unidades de Conservação do IAP. O trajeto que preserva um pouco da história da colonização paranaense é uma antiga trilha jesuíta de 22 quilômetros, construída em 1625 para ligar o interior ao Litoral do estado. Além das paisagens naturais, os visitantes podem contemplar as belezas construídas pelo homem, como o Santuário de Nossa Senhora do Cadeado e a Casa do Ipiranga.

Fonte: Jornale

:: Saiba mais sobre o Caminho do Itupava

Publicidade:


Publicidade

Publicidade