Bombeiros encontram os perdidos na Serra do Mar paranaense - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Menos mal

Bombeiros encontram os perdidos na Serra do Mar paranaense

Equipe comunicou por celular que encontrou os rapazes por volta das 11h.

Fonte: G1.globo.com - Gazeta do Povo e Fazenda Pico Paraná

Apesar de um deles sentir cãimbras, os adolescentes devem retornar da montanha caminhando.

Os montanhistas que estavam perdidos no Pico do Paraná iniciaram o retorno com o auxílio do Corpo de Bombeiros na noite desta quarta-feira (7). De acordo com o major Samuel Prestes, do Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost), os bombeiros encontraram os dois rapazes no fim da manhã desta quarta-feira.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, os dois montanhistas estavam, no início da noite de quarta-feira, descendo a montanha em direção a uma cabana, que fica entre os morros Itapiroca e Camacauã. Quando chegarem ao local, os dois passaram por uma nova avaliação dos Bombeiros para saber se continuam a caminhada rumo a uma fazenda próxima ou se passam a noite na cabana.

Processo de resgate

Prestes informou que os montanhistas conseguiram se comunicar verbalmente com os bombeiros à distância e ouviam o som dos apitos da equipe de resgate antes de serem encontrados. Os dois montanhistas foram avaliados pelos bombeiros antes do início da descida. O resgate não pode ser feito com o auxílio de um helicóptero por causa do mau tempo. Segundo o major Prestes, a informação passada pela equipe de resgate era de que os jovens estavam bem de saúde.

De acordo com Prestes, um dos rapazes estava com cãibras, mas tinha condições de caminhar vagarosamente quando foi encontrado. Os bombeiros estudavam por qual trilha iriam retornar.

Não havia previsão de quanto tempo iria levar para que os bombeiros consigam concluir o resgate dos montanhistas. “Eles estavam muito longe das trilhas, na encosta do Pico Itapiroca, nas proximidades do riacho Cerro Verde”.

Os jovens teriam passado pela trilha de acesso ao Pico Itapiroca, foram até o Pico Tucum e seguiriam para outro morro, quando teriam desistido e erraram a descida na região do Cerro Verde. “Eles andaram um bom tempo fora da trilha”, disse Prestes.

Os bombeiros chegaram na terça-feira ao local nas proximidades onde os jovens estão. Isso foi possível pela descrição do ambiente passada pelos jovens por meio do telefone celular. “A equipe de resgate estava do outro lado do vale. Os bombeiros gritaram e os jovens responderam”. O mau tempo impediu que os bombeiros prosseguissem com a operação de resgate na terça-feira.

O major destacou que resgates na região da Serra do Mar são comuns, mas fazia alguns anos que pessoas não eram localizadas em pontos tão distantes da trilha principal.

Perdidos

Os dois jovens de Curitiba fariam uma trilha no local no domingo e voltariam na tarde de segunda-feira (5). Como não retornaram na data prevista, os familiares acionaram o Corpo de Bombeiros.

Pelo telefone celular os bombeiros fizeram contato com um dos jovens, o que facilitou as buscas. Segundo o major Prestes, os montanhistas tinham um “pequeno grau” de experiência e pelo contato telefônico afirmaram que tinham abrigo e comida.

O uso da aeronave da Polícia Militar foi descartado terça-feira (6) porque não havia condições de visibilidade para realizar as buscas.

A região do Pico do Paraná fica entre os municípios de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, e Antonina.

Chegada

Segundo informações recentes prestadas pelo Dilson da Fazenda Pico Paraná, os adolescentes são aguardados para chegarem ainda na noite de hoje (07/09/2011).

Fontes: G1.globo.com, Gazeta do Povo e Fazenda Pico Paraná

Publicidade:


Publicidade

Publicidade