Escalando com os Irmãos Pou no Rio - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Eneko e Iker Pou

Escalando com os Irmãos Pou no Rio

No último mês tivemos o prazer de receber no Brasil os Irmãos Pou, a quem apresentamos o Rio em fevereiro deste ano.

Fonte: Centro de Escaladas de Jacarepaguá

Foi durante o evento Psicobloc RedBull nos Cânios do Talhado que convidamos os irmãos Pou para conhecer o Rio de Janeiro, eles toparam e passaram, na época, apenas dois dias. Maravilhados com a quantidade de rocha no meio do centro urbano, tão próximo de praias e maravilhas naturais eles decidiram que o retorno era certo. Com o projeto pronto e aprovado pelos patrocinadores, Iker e Eneko chegaram ao Brasil no dia 21 de agosto de 2011.

Como bons anfitriões fomos buscá-los no aeroporto. O encontro foi em clima de festa e ansiedade a mil, a surpresa foi quando nos pediram instruções sobre como chegar no Hotel. Teoricamente eles estariam hospedados em Copacabana, mas o endereço dizia Rio Branco, um hotel nada agradável no centro da cidade. Eles decidiram que só passariam uma noite lá e depois resolveriam com a RedBull, mas após a avaliação ao vivo do local insistimos em outra solução. Já eram 21:00h aqui e 1:00h na Espanha, a RedBull não respondia mais. Deixamos, então, eles para a casa da Flavia na Barra da Tijuca e nós dois fomos para a casa do Felipe em Jacarepaguá.

No domingo eles já acordaram querendo escalar, mas o Rio estava debaixo d´água, sorte que nós conhecemos uma falésia que não molha. A Falésia da Pedra Branca, conhecida por alguns como falésia secreta fica na face sul do morro Jair Lourenço em Jacarepaguá. Sua leve negatividade e um pequeno teto no final garantem uma parede seca mesmo nos dias de chuva, inclusive a primeira via do local, a Super Sonic foi aberta de baixo de um temporal. Convidamos também nossos amigos Ralf Cortês e Ana Alvarenga para conhecer a falésia e partimos para a mesma.

Iker e Eneko rapidamente encadenaram as vias Tomate Cru, VIIIa e Cortina de Fumaça, também VIIIa, sendo que para Iker as duas saíram à vista e sacando. Depois foi a vez de tentarem a Super Sonic, via que já nasceu clássica, de acordo com a opinião de quem provou. Mais uma vez sacando e à vista Iker mandou a via, e dessa vez ainda levou pra casa o 'F.A.' da mesma. Detalhe que no meio do lance de crux, Iker ainda conseguiu parar, olhar para baixo e dizer 'Oh, que bonita!'. Para completar, depois de costurar a última, olhou pra cima e disse: 'Felipe, vá más, arriba arriba!! Pone más un grampo, hay más un bonito movimento aqui' e assim subiu uns 2 metros até que optou pela queda. A graduação sugerida por Iker é IXb. Os irmãos compararam o tipo de rocha de Jacarepaguá com Madagascar, gostaram muito da falésia e ficaram impressionado com o potencial de montanhas, principalmente a pedra Hime.

Domingo à noite Iker e Eneko conseguiram um hotel e alguns dias depois alugaram um apartamento no Leme. Durante a semana o tempo melhorou e com Ralf Cortês foram ao Totem, encadenando a via toda, ao Urubu onde Iker tentou a versão original da Southern Confort (Via do Alemão) e ao corcovado onde fizeram a via Atalho do Diabo com encadeamento de todas as enfiadas, inclusive segunda graduada em Xa. Para isto precisaram dormir na parede, embora não fosse o planejado. Racionaram água, comida e se cobriram com cobertor de emergência.

Após uma semana assim, nada como o merecido descanso de sábado, mas domingo já era dia de escalar novamente. E a pedido dos Irmãos Pou, voltamos a Jacarepaguá para a falésia da Pedra Branca. A idéia desta vez não era apenas escalar, quando contamos a história das escaladas no local, de seu desenvolvimento tão recente eles logo se empolgaram e fizeram questão de contribuir.

Marretas a postos e partimos para a conquista. Após os dois aquecerem na Tomaton VIIc, Iker subiu a Super Sonic e dali montou um Top Rope para a direita onde os irmãos puderam experimentar os lances.

Algumas tentativas e estava decidido, a nova via seria ali mesmo. Eneko assumiu o trabalho e em poucas horas a falésia já contava com mais uma criação. 'Cabrones' ou 'Piranhas' hahaah eles ainda não decidiram o nome, mas o grau gira em torno do VIIIb ou VIIIc.

Na segunda-feira Iker finalmente encadeou a Southern Confort original sugerindo Xb e na quarta aceitaram meu convite para conhecer o Campo Escola 2000, clássico pico de escalada esportiva da cidade. Sem pestanejar Iker jantou a Pedrita VIIIa, a Zona Morta VIIIb e a Bam-Bam IXa, admitindo que esta última é dura para o grau. Eneko levou as duas primeiras de flash, mas em vez da Bam-Bam decidiu entrar na Epitáfios de Ilusões IXc e por pouco não passou do crux. Iker também a encarou sendo barrado pelo mesmo movimento. Mas a idéia do dia não era “cadenas” e sim diversão e diversidade, optaram por desequipar e passar para a via do lado e levaram bem a Migalhas Indecentes, outro IXc.

No fim do dia os Irmãos subiram para Taquaril com Ralf e Ana, onde fizeram a primeira repetição da Saracura, encadearam a Tsá IXc, o Espantalho IXc e equiparam a variante Espantalhoaiak com grau sugerido em XIa.
Ao voltarem de Taquaril os irmãos passaram a se dedicar inteiramente às filmagens para a RedBull. Foram quase duas semanas repetindo inúmeras vezes o Totem, o Atalho e o “Alemão”, até que em uma dessas Iker tentou a extensão e conseguiu confirmando seu grau em Xc.

Mas como ninguém vive só de trabalho continuamos nos encontrando com os irmãos Pou para um pouco de diversão no sábado do dia 10 de setembro curtimos uma boa dose de Lapa, com picanha na chapa, muito chopp caipirinha e samba de raiz. E no domingo do dia 18 fizemos um grande jantar de despedida na Urca.

Iker e Eneko se despediram com a certeza que voltariam, querem conhecer outros estados, outros picos e tudo que o país tiver a oferecer. Mas com a ida deles a ansiedade não acabou, só aumento. Agora será nossa vez de viajar e deles de nos receber. Estamos de malas prontas para Mallorca na Espanha, onde nos encontraremos para mais escalada e diversão! Que venham os psicoblocs!!! Arriba, a muerte!

Publicidade