Maximo Kausch perto do cume do Shishapangma - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Atualizando a posição

Maximo Kausch perto do cume do Shishapangma

O montanhista argentino/brasileiro Maximo Kausch poderá fazer cume numa das montanhas mais altas do mundo a qualquer momento.

Fonte: Redação

Maximo Kausch está próximo de concluir mais um desafio, chegar ao cume do Shishapangma, 14ª montanha mais alta do mundo com 8014 metros.

Maximo trabalha como líder de uma expedição internacional, a Summit Climb e já cumpriu todas as etapas de aclimatação e espera apenas uma janela de bom tempo, que começou hoje, para fazer o ataque final ao cume.

No último dia 25, Maximo teve que descer até o acampamento base avançado devido às más condições de tempo na parte superior da montanha. Com a janela que começa hoje, todas as equipes que estão na montanha irão unir força para tentar cume juntos.

Rota

A rota que Maximo irá escalar é a conquistada pelos chineses em 1964. Esta rota foi a mesma escalada por Waldemar Niclevicz em 1998, porém desde 2003 ela foi escalada com sucesso apenas em duas oportunidades.

Poucos são as pessoas que escalam o cume principal do Shishapangma, isso porque a maioria das pessoas que tentam a rota chinesa não chega ao cume verdadeiro da montanha, mas sim no cume central do Shishapangma que é um pouco mais baixo que o principal.

Cleo Weidlich

Além de Maximo, há outro brasileiro na montanha, a amazonense radicada nos Estados Unidos Cleo Weidlich. Cleo recentemente sofreu um acidente no Kangchenjunga (terceira montanha mais alta do mundo) e mesmo sem se recuperar 100% tentará rota o cume do Shishapangma pela rota Sudoeste que é direta ao cume. Cleo já chegou ao topo do Shishapangma Central e espera alcançar o cume principal desta vez.

Estado atual da Expedição (27/09 - 11:45)

Maximo Kausch diz que a tempestade de neve passou, mas em seu lugar chegaram poderosas correntes de jato que estão açoitando o cume e carregando toda a neve. Ele está a espera da diminuição destes ventos para tentar o cume.


Colaborou para esta matéria: Rodrigo Granzotto Perón

Publicidade:


Publicidade

Publicidade