Alpinista morre após salvar esposa e amigo - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Montanhista Herói

Alpinista morre após salvar esposa e amigo

Eduard Burceag morreu de hipotermia, após salvar a vida de sua esposa e de mais um amigo, no mount Rainier nos Estados Unidos.

Fonte:

Os três montanhistas escalavam o monte Rainier, de 4392 metros de altitude e uma das mais altas do país fora do Alasca, quando foram pegos de surpresa por uma forte tempestade de neve. Como não conseguiram retornar ao acampamento base, cavaram um pequeno buraco para tentar se abrigar o máximo possível do forte vento, que segundo os funcionários do "Mount Rainier National Park", atingiu cerca de 110 quilômetros por hora!

O montanhista Eduard Burceag, vendo a situação que se encontravam, deitou-se sobre a neve e pediu para que a esposa e o amigo o utilizassem como isolante térmico. Burceag não aceitou em nenhum momento que seus companheiros de escalada revezassem com ele naquela posição.

Segundo o pessoal do Parque, foi esta imposição que acabou fazendo com que sua esposa Mariana Burceag, de 31 anos, e seu amigo Daniel Vlad, 34, sobrevivessem ao frio. Ainda deixou claro que "os três montanhistas eram experientes, estavam bem-equipados e conheciam o local".

Segundo o guarda florestal Kevin Hammonds, que estava de plantão no momento da tempestade, eram muito poucas as esperanças de encontrar alguém com vida na montanha, tamanha a fúria da tempestade, considerada por ele como "a pior que já vi nos meus anos de montanhismo".

Quando saíram a procura dos montanhistas encontraram os três. A mulher estava inconsciente e o marido já sem pulsação. Resolveram primeiro garantir a sobrevivência dela, pois apresentava melhores condições. Quando retornaram para resgatar Burceag, ele ja havia desfalecido.

Ambos os sobreviventes foram retirados do campo base da montanha de helicóptero. O corpo do Eduard Burceag foi retirado da montanha apenas no final da tarde.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade