Morte no Parque Nacional do Itatiaia - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
É importante respeitar a montanha e seu próprio corpo.

Morte no Parque Nacional do Itatiaia

O turista teria tido um infarte na trilha pro Agulhas Negras. Ficou para trás alegando estar passando mal e ficou acompanhado de um guia. Pouco depois a situação se complicou e nem mesmo massagem cardíaca salvou sua vida.

Fonte: http://diariodohimalaia.tumblr.com

Texto do pessoal do blog http://diariodohimalaia.tumblr.com:

 

Era para ser um final de semana cotidiano pelas montanhas da Mantiqueira, mas uma fatalidade aconteceu no Parque Nacional de Itatiaia no final de semana do dia 24/11/2012. Um turista faleceu de enfarte na trilha para o Pico das Agulhas Negras, a quinta montanha mais alta do Brasil.
 
Estávamos escalando no Morro do Couto durante a tarde, no final do dia quando íamos até o camping do parque, que fica ao lado do Abrigo Rebouças começos a entender o que estava acontecendo, ainda na trilha encontramos com pessoas preocupadas indo até a portaria, em busca de socorro, de inicio pensamos que era um caso simples, com uma pessoa passando mal na montanha, mas encontramos uma outra pessoa que disse que um rapaz teve um enfarte e provavelmente naquele momento já não estava mais vivo.
 
Chegamos no Abrigo Rebouças e recebemos a notícia que ele já havia falecido. Foi uma noite tensa, a vítima estava em um grupo grande, e iriam passar a noite no abrigo, muitas pessoas ficaram abaladas com a situação. Apenas por volta das 23 horas o resgate chegou, e ficou por lá bastante tempo, estávamos no camping e fomos dormir.
 
Na manhã seguinte acordamos com as sirenes do carro da Defesa Civil, que veio buscar o corpo que tinha passado a noite no Abrigo Rebouças. O turista que faleceu era da cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, tinha por volta de 45 anos de idade, estava acompanhado por sua esposa e outras pessoas do grupo que veio passar o final de semana no Parque Nacional de Itatiaia.
 
Segundo relato de alguns turistas que estavam no grupo, e também do guia, o grupo saiu no início da tarde de sábado para atingir o cume do Pico das Agulhas Negras, o grupo tinha cerca de 15 pessoas do Rio de Janeiro e São Paulo, no início da trilha tudo corria normal, depois de algum tempo, a vítima que estava com sua esposa começou a ficar para traz, dizendo que estava apenas um pouco cansado.
 
Pelo relato do guia do grupo, no inicio da parte mais difícil da subida, na parte das rochas, onde é necessário uma “escalaminhada” a vítima foi ficando para traz e disse que não iria mais subir a montanha e iria esperar, um guia ficou com ele e sua esposa, mas o rapaz começou a falar que estava se sentindo mal, um mal estar no corpo e foi ficando pálido. 
 
Depois disso a situação ficou mais tensa, não temos certeza do que aconteceu, mas tudo foi piorando, enquanto algumas pessoas voltavam em busca de resgate outros já estavam fazendo massagem cardíaca para tentar reavivar a vítima, mas tudo sem sucesso, o óbito aconteceu por volta das 19h de sábado, provavelmente por enfarte, sendo que a vítima tinha histórico de problemas cardíacos e tomava muitos medicamentos.
 
O corpo foi retirado pela defesa civil no dia 25, domingo.
 
Condolências à parentes e amigos da vítima.
 
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade