Maximo Kausch faz achado arqueológico a mais de 6000m nos Andes - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
600 anos

Maximo Kausch faz achado arqueológico a mais de 6000m nos Andes

Junto ao famoso alpinista argentino Angel Armesto, Maximo Kausch acredita ter encontrado uma construção incaica situada a mais de 6000 metros de altitude nos Andes secos da Argentina.

Fonte: Redação

O alpinista conta ao AltaMontanha.com "Me senti como o Indiana Jones! Eu estava procurando o ponto mais alto de um cume de 6000m e acabei atropelando uma estrutura de 60 metros quadrados montada a 6000 metros de altitude!". Maximo conta que a ruína foi deixada intacta: "Pode haver alguma múmia ou qualquer outro artefato lá dentro. Deixamos tudo do jeito que encontramos e continuamos descendo, o frio ajudou!"

Angel e Maximo não querem revelar ao público a localização exata das ruínas já que existem muitos saqueadores de riquezas incaicas e até ladrões de múmias.

Ele conta que esta é a décima segunda montanha onde ele encontrou vestígios incaicos nos Andes. Desta vez no entanto, a dupla de alpinistas ter sido a primeira a encontrar a ruína. Segundo Maximo a estrutura tem 10 x 6 metros e quase 1 metro de altura. A construção parece ter colapsado e ainda é possível observar a madeira que foi usada para o teto da construção.

Maximo estava na oitava etapa de seu projeto de escalada de montanhas de 6000m nos Andes. Até agora ele já escalou mais de 50 montanhas superiores a 6000m nos Andes, ele quer passar de 60 cumes até meados de maio próximo.

Maximo e Angel parecem ter sido os primeiros a encontrar as ruínas e ainda aguardam a confirmação de arqueólogos locais sobre seu achado.

Publicidade