Escaladores brasileiros mandam notícias no velho continente - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Brasileiros escalam na Europa

Escaladores brasileiros mandam notícias no velho continente

Felipe Camargo está na Espanha e já participou de campeonato. Enquanto isso Belezinha e Ligeirinho estão entre a Suiça e a Itália, onde se encontraram com os paulistas Birão e Dani que estão morando em Arco.

Fonte: Blog do Birão e Blog do Felipe

A revelação paulista de escalada esportiva, Felipe Camargo "Pikuira" mandou notícias da Europa. Ele conseguiu um patrocinio da Copagáz e pretende passar o mês treinando com Patxi Usobiega e participando de alguns campeonatos.

O primeiro campeonato aconteceu este fim de semana e veio de maneira inesperada. Pikuira conta que de última hora ele decidiu se inscrever no Open Internacional de Boulder de Rodellar, onde ele está agora. Felipinho apesar de não ser especialista em boulder passou para as finais em terceiro lugar. Nas finais ele sentiu o cansaço e a diferença de fusos horários e não foi tão bem. Mesmo assim terminou a competição em oitavo. Ele era o único participante com menos de vinte anos de idade!

Na Itália os escaladores André Berezosky e Stefano ligeirinho estiveram em Arco, onde se encontraram com o casal de escaladores de Bragança Paulista, Birão e Dani que estão morando lá. Arco é uma meca da escalada na Itália com mais de duas mil vias e é óbvio os brasileiros aproveitaram para escalar, mesmo sob tempo chuvoso.

Aproveitando a ilustre visita dos amigos, Birão fez uma entrevista:

1) Belê, nao é a primeira vez que vc vem para a Europa competir, neste tempo vc notou uma evoluçao tanto dos atletas quanto dos routers setters?

Certamente os atltetas evoluiram muito de nível, consequentemente os route setters tiveram q se adaptar a essa evolução montando boulders e vias cada vez mais inéditas.

2) E a organizaçao também evoluiu?

O que sempe foi de primeira, também acompanhou essa evolução de forma a se adpatar e agilizar e não deixar falhas tanto no regulamento, estruturas, locais, etc....coisa de 1º mundo..

3) Como vc definiria a escalada Boulder na rocha e na Resina?

Dois esportes dentro do montanhismo quase distintos, devido a especificidade hoje colocada em prática pelos atletas, ou seja, um escalador que chega a ganhar um mundial pode não estar mandando bem na rocha e vice-versa.

4) Agora como foi sua participaçao na Fiera di Primiero?

Além de machucar o ombro? Se meu ombro não tivesse machucado logo no primeiro boulder, acredito que o estilo dos boulders montados nessa etapa, estavam mais de ajustados para o estilo que estávamos treinados, mesmo lesionado, consegui chegar longe em certos boulders, mas ao longo da competição a desconcentração gerada pela dor foi tomando conta e boulders que poderia encadenar ficaram sem meu magnésio...

5) E a participaçao do Stafano como vc definiria em poucas palavras?

O Stefano pode vivenciar o nível exigido nestas competições e um estilo diferente.

6) Fale um pouco dos Boulders de Arco...

Arco se caracteriza mais por suas grandes paredes e escalada esportiva, mas o setor de boulder abaixo das paredes de grandes vias, próximo a estrada e em um local muito simpático, com grama e arborizado fazem do setor muito cômodo para a pratica do boulder, quanto ao nível, como não poderia ser diferente em Arco, é realmente puxado, uma graduação pesada se comparado a outro setores, mas com linhas realmente muito bonitas.

Fontes: Blog do Birão e Blog do Felipe


Publicidade:


Publicidade

Publicidade