Projeto de Maximo Kausch coloca montanhismo brasileiro em evidência no mundo - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Mas mesmo assim não tem patrocínios...

Projeto de Maximo Kausch coloca montanhismo brasileiro em evidência no mundo

Realizando um projeto inédito e ambicioso, o montanhista Maximo Kausch consegue uma divulgação nunca antes vista por um montanhista oriundo do Brasil.

Fonte: Redação

As montanhas de 8 mil metros todos já sabem quantas são e seus nomes. Todos os 4 mil dos Alpes, os 5 mil dos Estados Unidos são também projetos conhecidos e realizados por muitos montanhistas mundo afora, porém escalar todos os 6 mil dos Andes era uma tarefa impossível e inimaginável até pouco tempo atrás. 
 
Nascido na Argentina, mas criado no Brasil, Maximo Kausch foi atraído pelos Andes desde garoto, mas foi há cerca de 3 anos que ele teve a ideia de subir todos os 6 mil daquela extensa cadeia de montanhas. Guia profissional de montanha no Himalaia e dono de um curriculum extenso, Maximo achou que este poderia ser um diferencial em sua carreira. Utilizando dados SRTM da NASA e critérios geomorfológicos. Maximo conseguiu após muito esforço chegar a uma lista primária, onde reconheceu 110 montanhas com esta altitude. Com uma lista preliminar na mão, ele começou um outro trabalho de pesquisa e depois partiu para os Andes realizar suas escaladas.
 
Um pouco depois de um ano após começar a subir as montanhas de 6 mil, Maximo já escalou 59 delas, estabelecendo um recorde mundial em ascensões de montanhas acima desta altitude e conseguindo uma divulgação tão grande que nenhum montanhista oriundo do Brasil, já que ele foi criado, educado e começou a escalar por aqui, até hoje conseguiu.
 
Seu projeto já foi notícia em grandes revistas do meio de montanha e aventura. Primeiramente foi eleito o outsider do ano 2012 e ganhou capa da edição especial deste prêmio na revista Go Outside brasileira. Além disso, ele foi notícia na revista Rock and Ice americana, na Vertical da Argentina, na National Geographic brasileira, na Trek&Mountain e no boletim da BMC da Inglaterra e será também notícia na famosa revista Alpinist e na primeira edição da revista Montanhas, isso apenas neste ano.
 
Fora isso, Maximo foi notícia em uma centena de sites na internet específicos ou não. Nos sites famosos de montanha, ele apareceu na Desnível e Barrabés da Espanha, no Explores Web, Kairn da França e até no 8a nu, famoso site de escalada esportiva!
 
Em meios não específicos, Maximo foi notícia em sites como o da BBC Brasil, BBC Inglaterra, UOL, Terra, G1, Globo Esporte, Sportv. Seu projeto original foi noticiado em diversos países. Além do Brasil, ele foi notícia nos Estados Unidos, Reino Unido, França, Espanha, Argentina, Peru, México, República Tcheca, Eslovênia e até na Rússia.
 
Na TV, Maximo teve também participação em diversos programas dos canais Sportv, ESPN e na Globo. Ele diz que poderia ter mais divulgação, mas seu tempo na cidade é escasso, pois ele ainda tem muita montanha para escalar.
 
Busca por patrocínios e próxima etapa.
 
Apesar de toda exposição na mídia, Maximo Kausch continua sem apoios para seu projeto. Ele faz toda a logística para chegar nas montanhas sozinho, realizando perigosas aproximações numa moto de 250 cc. 
 
De acordo com ele, realizar todas estas escaladas desgasta muito o equipamento, principalmente vestuário técnico, como jaquetas, calças para frio e vento e botas. Por conta disso ele busca o apoio de fabricantes para fornecer material esportivo para continuar nesta jornada. Em troca, ele garante a exposição nos meios de comunicação e teste do equipamento.
 
Em outubro Maximo parte para uma nova etapa, onde ele irá finalizar a ascensão de todos os seis mil da Argentina e do Chile. Até hoje, nenhum montanhista completou todas as montanhas destes países. Muito em breve ele finalizará todos os 6 mil da Bolívia, onde faltam poucos cumes. Realizando isso, ele conseguirá mais 3 recordes.
 
Livro dos Recordes.
 
Maximo está em contato com o Guiness, o livro dos recordes e de acordo com ele o critério de definição sobre o que é um cume e o que não é muda um pouco do que ele utilizou, o que significa que ele poderá perder alguns cumes. Mesmo assim ele não liga e diz que vai escalar tudo.
 
Abaixo temos uma breve lista apenas dos locais onde Maximo foi notícia nos últimos 10 dias:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Publicidade