Cientistas russos garantem: Nova era glacial começa em 2014 - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Vendas de Piolet devem crescer!

Cientistas russos garantem: Nova era glacial começa em 2014

Contrariando a teoria de aquecimento global, dois cientistas russos afirmam que a Terra se aproxima rapidamente de um novo período glacial, que começará a partir do ano que vem.

Fonte: HIstory Channel

Os pesquisadores Vladimir Bashkin e Rauf Galiulin, do Instituto Gazprom VNIIGAZ, acreditam que os seres humanos, na realidade, não exercem grande influência nas mudanças climáticas.

Eles defendem que planeta está, na verdade, passando por diferentes ciclos de atividade solar, e a próxima fase será marcada por um decréscimo gradual da temperatura até atingir um pico glacial em 50 anos.
 
E os pesquisadores não param por aí. A dupla alega que o alarde atual em torno das mudanças climáticas é parte de uma conspiração com objetivo de desacelerar o consumo de petróleo, gás e carbono - três insumos essenciais à vida moderna -, e controlar os preços deste mercado.

Apesar de polêmicas, as declarações dos dois cientistas não representam uma opinião isolada. No ano passado, Jabibula Absusamatov, diretor do setor de Investigações Espaciais do Observatório de Pulkovo e membro da Academia Russa de Ciências, confirmou a previsão de que a temperatura do planeta começará a baixar em 2014, alcançando seu pico de redução em 2055.

“Conforme os nossos dados, a temperatura começará a decrescer estavelmente a partir do ano 2014. O pico do frio será em 2055, ou 11 anos antes ou depois desta data. O esfriamento fará que as superfícies cobertas pelas culturas agrícolas diminuam significativamente. Além dos problemas com a alimentação será muito mais difícil organizar escavações de petróleo e gás nas latitudes nortenhas. Problemas de aquecimento fornecido à população também vão se agravar. O esfriamento será sentido em muitos países, quase em todos, mas pricipalmente ao norte”.

“Como acontece frequentemente, no início diz-se que tudo isso é ridículo, não é ciência nenhuma, não pode ser verdade, depois encontra-se alguma coisa nisso e, finalmente, diz-se que nós sabemos isso desde sempre. A teoria sobre o esfriamento está sendo reconhecida por todo o mundo”, conclui um dos cientistas.

Mais de 1500 anos...

Apesar da nova teoria (de conspiração, inclusive), a maioria dos modelos astronômicos de maior consenso científico afirmam que somente daqui a 10.000 anos a Terra será novamente recoberta com gelo, afetando todas as formas de vida que nela habitam. A pesquisa até então mais otimistas, um estudo recente realizado por pesquisadores das universidades da Flórida, Cambridge e College de Londres, publicado pela revista Nature Geoscience, garante que a chegada da próxima era glacial será adiada em dezenas de anos, porém ainda assim levaria cerca de 1.500 anos...

A causa, pelo estudo anterior, contrariando os cientistas russo, pode parecer paradoxal: os altos níveis de gases de efeito estufa na atmosfera da Terra. Esta consequência indesejada da vida humana no planeta seria a razão deste importante adiamento temporal. O calor captado pelo dióxido de carbono muda os padrões pré-existentes, evitando que a Terra se esfrie como ocorreu no Pleistoceno, levando à Idade do Gelo, que durou até 15 mil anos atrás.

Resta saber quem está certo... Por via das dúvidas, compre mais um anoraque...
 

Publicidade