Escaladas na cachoeira do Tabuleiro (MG) passam por regularização - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Acesso

Escaladas na cachoeira do Tabuleiro (MG) passam por regularização

A cachoeira do Tabuleiro, localizada em Conceição do Mato Dentro (MG), é considerada a terceira maior do país. Mais do que contemplação de sua bela queda, a parede de quartzito em sua lateral contem diversas linhas de escalada com belíssimas vias. No passado a escalada por ali estava proibida, mas graças às ações da FEMEMG, a escalada foi permitida e agora o parque passa por regularização.

Fonte: FEMEMG

A Cachoeira do Tabuleiro é uma enorme queda-d'água, situada na serra do Espinhaço, no município de Conceição do Mato Dentro. É mais alta de Minas Gerais e a terceira maior do Brasil. São 273 metros de queda livre formada a partir de um paredão de beleza monumental. Na parte alta da cachoeira existem outras quedas e lagos e, na parte de baixo, existe um grande poço ladeado por imensos blocos rochosos, com 18 metros de profundidade.

A Cachoeira está situada no coração do Parque Natural Estadual da Serra do Intendente, que passou por uma reformulação em 2013. A área é formada por um mosaico de Unidades de Conservação estadual e também municipal. A Cachoeira é gerida pela Secretaria de Meio Ambiente municipal de Conceição de Mato Dentro através do antigo Parque Natural Municipal Ribeirão do Campo que no ano passada mudou de nome para Parque Natural Municipal do Tabuleiro. Até pouco tempo atrás era um local proibido para a escalada, com inclusive um episódio polêmico em 2009, quando uma dupla de escaladores foi parar na delegacia após fazerem a via Hidronotopo.

Graças a ação voluntária da Federação Mineira de escalada, que criou o projeto “Acesso às montanhas” no estado, este panorama mudou e em 2013 foram realizadas 6 escaladas no paredão da cachoeira que serviram como teste para mostrar que o impacto da escalada no meio ambiente é pouco significativo.

Reconhecendo o alto comprometimento exigido pelas escaladas no Tabuleiro e o risco de queda de rochas próximas ao poço durante a realização das mesmas, ficou acordado que a federação ficaria responsável por fazer o primeiro atendimento aos escaladores interessados, realizando uma análise de sua experiência prévia e orientando os mesmos sobre a conduta esperada na área do Parque, dentre elas, evitarem atividades nos fins de semana e feriados, quando o uso do poço por banhistas aumenta. Novas autorizações para escaladas no paredão da Cachoeira do Tabuleiro deverão ser emitidas a partir de abril de 2014.

A partir de fevereiro de 2014, no entanto, já terá início a temporada de trabalho, onde a FEMEMG executará ações em conjunto com o Parque como oficinas, seminários e atividades recreativas, envolvendo a comunidade local com o tema escalada, além da conclusão dos termos do regulamento.

Para conhecer o Programa Acesso Minas Gerais e acompanhar o progresso do trabalho no Tabuleiro, acesso a página oficial do Programa: http://acessomg.blogspot.com.br/p/tabuleiro.html
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade