Mistério no desaparecimento de ucraniano nos Andes - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Mycola Prosuscy

Mistério no desaparecimento de ucraniano nos Andes

Mycola Prosuscy, de 64 anos, desapareceu no dia 17 de Fevereiro quando ia escalar o Olmedo, montanha com mais de 6 mil metros localizada na região do Paso San Francisco, onde fica o Ojos del Salado.

Fonte: Redação

O Olmedo é um vulcão remoto de 6230 metros localizado próximo ao Ojos del Salado, na fronteira entre Argentina e Chile, numa região muito remota onde se concentra o maior número de montanhas acima dos 6 mil metros nos Andes. 
 
O último sinal de Prosucy foi um sinal enviado por ele através de seu aparelho de localização satelital Spot, no dia 24 de fevereiro, informando que ele estava 5400 metros de altitude. 
 
As buscas pelo ucraniano começaram no dia 27 daquele mês, quando um prestador de serviços aos montanhistas da região se deu conta do atraso das respostas que o Mycola deveria ter emitido com seu aparelho Spot. 
 
Tendo a posição geográfica do último local de contato do ucraniano, um casal de montanhistas partiu para o Olmedo no dia 7 de Março e encontrou o acampamento de Mycola vazio, porém com seus equipamentos, água, uma saco de dormir e um gorro.
 
O casal continuou as buscas pela montanha, sem encontras pistas do ucraniano desaparecido, no entanto, regressando ao mesmo local do acampamento, horas mais tarde, os equipamentos de Mycola já não estavam no local e não havia sinais de quem poderia ter retirado os equipamentos de lá.
 
Montanhistas da região suspeitam de duas hipóteses, ou que Micola esteja vivo e está se escondendo, podendo inclusive nem estar mais na região, ou que ele está de fato morto, mas que alguém seguiu o casal de montanhistas e roubou, ou quis esconder os equipamentos do ucraniano. Esta última dúvida recai sobre a própria Gendarmeria (polícia militar argentina), que poderia ter escondido os equipamentos de Mycola para evitar a obrigatoriedade deles em fazer o resgate do desaparecido.
 
Estes fatos deram muito o que falar na cidade de Fiambalá, de onde se faz o acesso às montanhas da região. O paradeiro de Mycola Prosuscy ainda é um mistério.
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade