Alpinista americano filma avalanche atingir filhos no Mont Blanc - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Polêmica

Alpinista americano filma avalanche atingir filhos no Mont Blanc

O norte-americano Patrick Sweeney foi criticado pelas autoridades francesas e por associações de alpinismo por expor os filhos, de nove e onze anos, a uma situação de risco extremo para "bater recordes" na escalada do Mont Blanc.

Fonte: Redação

Sweeney filmou toda a preparação para a escalada do Mont Blanc, e pretendia filmar todas a escalada até que um incidente o impediu de atingir o topo da montanha. Como estava com a filmadora em mãos, acabou filmando quando seus filhos, PJ e Shannon, foram atingidos por uma avalanche, colocando depois o vídeo no Youtube, onde virou febre.

Posteriormente a família Sweeney foi convidada a participar de um programa americano, que passa todas as manhãs, chamado Good Morning America, para explicar como tinha sobrevivido ao 'corredor da morte', gerando uma enorme discussão no meio do montanhismo: Estaria correto levar crianças tão pequenas e com uma fragilidade tão grande à uma montanha perigoso, apenas para bater um recorde?

Segundo o jornal britânico The Guardian, depois de ver as filmagens, o prefeito de St-Gervais-les-Bains - a cidade francesa onde os montanhistas começam a escalada do Mont Blanc - lamentou a imprudência do alpinista Sweeney na  segunda-feira, dia 28, não poupando críticas e denunciando a "imprudência" e a promoção do incidente na internet, principalmente devido a forma "entusiasta" que o mesmo promoveu o vídeo.

 Jean-Marx Peillex disse à rádio FranceInfo que a montanha mais alta da Europa "estava se tornando num parque de diversões onde temos agentes policiais, equipes de resgate e a Pamela Anderson para nos salvar". Indicou que defende que os alpinistas devem pagar as operações de socorro sempre que estiverem em incidentes que poderiam ter sido evitados, sublinhando que as operações são pagas com os impostos franceses. Disse ainda que a família do alpinista não é mais bem vinda àquela cidade. Finalizou esclamando: "O Mont Blanc não é a maratona de Nova Iorque. Não é um percurso qualquer. É montanhismo."

Recordamos que o prefeito já tem essa "fala" sobre a massificação do Mont Blanc desde 2008, quando tentou limitar o acesso de montanhistas àquela montanha.

Patrick Sweeney, o alpinista,  se descreve como "um viciado em adrenalina" e que estava tentando bater um recorde de uma jovem inglesa, com os filhos, ao tentar chegar ao cume da montanha. Em respostas às críticas, Sweeney disse numa entrevista à CBS Boston que não se arrependia de ter levado os filhos até a montanhosa francesa. “É muito melhor do que tê-los sentados em casa, com as cabeças metidas no Minecraft ou na televisão ou algo do gênero. E se podem aprender com esta lição de coragem enquanto são jovens, então fiz um excelente trabalho como pai”.

O jornal The Guardian nos trouxe a informação de que Denis Crabières, presidente da União Nacional de Guias de Montanha, expressou estar preocupado com a forma como os alpinistas utilizam a mídia para publicar e divulgar as suas aventuras, e que Sweeney "devia ter pensado melhor antes de explorar os filhos, que já deviam ter conhecimento do extremo risco que corriam".

Apenas neste último final de semana, ocorreram três mortes no Mont Blanc, sendo que um deles, alpinista experiente ucraniano, morreu no mesmo local onde a família teve o incidente.

E você? Acha correto fazer crianças disputar recordes em grandes montanhas? E levar elas para montanhas / escaladas que acreditamos que não apresentam riscos, é uma prática saudável aos pequenos?

Publicidade