Seminário discutirá regras para abertura de vias de escalada no Parque Nacional de Itatiaia - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Minimo Impacto

Seminário discutirá regras para abertura de vias de escalada no Parque Nacional de Itatiaia

Criado em 1937, o Parque Nacional de Itatiaia é o mais antigo do Brasil e é também um lugar especial para a escalada, pois em suas rochas e ladeiras estão algumas das vias de escalada mais antigas do país. Seminário definirá regras para a escalada no local.

Fonte: Femerj

Mesmo com tanta tradição, o Parque de Itatiaia ainda dispõe de muitas paredes e possibilidades de abertura de novas vias de escalada. No entanto, por se tratar de uma Unidade de Conservação de proteção integral é necessário regras e planejamento de visitação. Visando atender estas exigências e realizar um crescimento saudável do montanhismo na região, será realizado um seminário no dia 18 de outubro para discutir diversas questões, das quais destaca-se abaixo:
 
• Qual o novo fluxo de pessoas que será criado até o local? Qual a atual frequência de 
escaladores visitando a área?
• Qual a atual frequência de escaladores visitando a área? Qual o novo fluxo de pessoas que 
será esperado até o local até 2018 (vigência do atual Plano de Manejo)?
• Como é o acesso à base da via/setor? Quão resistente é a superfície onde se está
caminhando? É realmente esse o melhor traçado/trilha de acesso?
• Qual a fragilidade do local na base da via/setor, na própria linha da via, no cume e na rota de 
descida, seja por rapel seja caminhando?
• É um local que recebe outro tipo de visitação? Existem relatos de conflito no uso? Por 
exemplo, as escaladas da face Sul de Prateleiras são compartilhadas com um grande 
número de turistas que vão às Prateleiras para subir pelo "Pulo do Gato".
• Qual o impacto visual (proteções fixas e magnésio) resultante das escaladas nesse setor? O 
quanto ele é parte de algum monumento natural significativo para outros tipos de visitantes?
• Há especificidades na área da via/setor que devem ser considerados (por ex, área com 
concentração de plantas endêmicas, ou de abrigo ou reprodução de certo animal)? Alguma 
sazonalidade a ser considerada?
• Qual é a densidade de vias de escalada no mesmo local? E de proteções fixas?
• Qual a atual frequência de escaladores na área?
• O uso, intervenção e frequência de visitação estão compatíveis com o zoneamento do plano 
de manejo?
 
Existem diversas propostas que serão discutidas no seminário. Estas propostas estão publicadas em um documento disponível na íntegra na internet. Leia estes propostas e participe.
 
Serviço:
 
Seminário de Mínimo Impacto do Parque Nacional de Itatiaia
Quando: Dia 18 de Outubro de 2014
Onde: Parte Baixa do PNI no ECOARTES e alojamento no Abrigo 3.
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade