Raja, nova via da Pedra do Elefante - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Tradicional de alto nível

Raja, nova via da Pedra do Elefante

No dia 20 de junho finalmente foi terminada a via Raja na Pedra do Elefante, em Petrópolis. Foram muitas as investidas para completar suas 16 enfiadas. O resultado é uma via de alto nível graduada em 7º VIIIa E3 D4.

Fonte: Guia da Urca

A conquista começou em 1992 com Márcio "Buzina", Fábio Muniz e Alexandre Galvão. No começo da abertura da via, Buzina bateu os dois primeiros grampos, mas Fabinho ao bater o terceiro grampo, tomou uma queda e se acidentou. Depois disso não voltou mais à parede. Galvão voltou com o Ralf Côrtes e conquistou um trecho de 20 metros que hoje já não pertence a via, pois o traçado dela sofreu alterações nas investidas seguintes.

Depois Ralf retornou com o Márcio "Buzina" para mais três investidas em 1992 e 1993. Depois Ralf voltou à parede com Flávio Daflon por volta de 1994 e 1995 e depois disso a Raja ficou quase 10 anos abandonada. Em 2004, Ralf voltou à Pedra do Elefante e com Ana Alvarenga eles reformaram os grampos de 3/8 e retomaram a conquista. Primeiro Ralf contou com o Anderson "Preguiça", depois com a Ana, Ingo Müller e por último Flávio Daflon.

A via se mostrou exigente sendo cotada em 7º VIIIa. Há inclusive dois trechos negativos. Os lances mais difíceis são bem protegidos E1 ou E2. São cerca de 115 grampos em seus 640 metros de extensão. A sexta enfiada é a única onde utilizasse alguns friends. Na P14, que é uma parada em platô, também pode-se utilizar dois friends pequenos.

A descida é melhor por caminhada. Após a P13 para rapelar é necessário desescalar um pequeno trecho. Para descer do cume pela via são necessárias duas cordas de 60m para rapelar a última enfiada.

A Pedra do Elefante fica, aproximadamente, 1hora e 20 minutos da cidade do Rio e 50 minutos de Juiz de Fora. Vindo do Rio, passando Petropólis, deve-se seguir pela BR 040 mais 36 km depois da entrada principal pela Avenida Airton Senna. Antes do Pedágio, deve-se e virar à direita pela a estrada União e Industria, seguindo por esta mais 4,5 km para virar novamente à direita na Estrada do Taquaril e seguir até o Abrigo do Elefante que é um refugio localizado na base da montanha.

A base da via fica a poucos minutos do Abrigo do Elefante. Pousada do Ralf Cortês e da Ana Alvarenga no vale do Taquaril, entre Posse e Pedro do Rio. Na Pedra do Elefante, ou Jacuba, existem cerca de 40 vias e mais de 100 boulders abertos.

Fonte: Guia da Urca

Publicidade:


Publicidade

Publicidade