Manutenção da Via Ferrata CEPI no Pão de Açúcar - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Rio de Janeiro

Manutenção da Via Ferrata CEPI no Pão de Açúcar

A via CEPI, uma via ferrata com cabo de aço no Pão de Açúcar, Rio de Janeiro, está passando por manutenção e ainda não está em condições de ser escalada. Confira o estado atual da reforma.

Fonte: FEMERJ

No último fim de semana foi realizado o lançamento do último trecho do cabo de aço entre a grutinha do final da via dos Italianos e o trecho do artificial fixo. Mas, destaca-se que a via CEPI ainda não está em condições de ser escalada em nenhum dos seus trechos. Apesar da instalação do cabo novo ainda falta a concluir a instalação definitiva da extremidade inferior do cabo, a  instalação de ancoragens complementares para fixação do cabo de aço e das ancoragens para serem utilizadas para segurança com corda. 
 
Conforme definido nas reuniões abertas com a comunidade de escaladores, a via está sendo equipada para ser escalada utilizando a técnica de segurança com corda, como tradicionalmente é feito em uma escalada livre. A ascensão de via ferrata somente com o uso de solteiras e mosquetões não é uma técnica recomendada.
 
Até o momento as melhorias realizadas na via foram as seguintes:
 
1) Instalação do novo cabo de aço e novas ancoragens para o cabo em todo o trecho da via;
2) Remoção do cabo velho no trecho entre o cume e o trecho negativo abaixo da grutinha da placa;
3) Remoção de diversas proteções fixas antigas no trecho entre o cume e a base da via;
4) Remoção do cabo e proteções fixas antigas na primeira horizontal da via, depois do artificial fixo;
5) Colocação de 3 placas de alerta – via em manutenção e sem condições de ser escalada, nos seguintes locais: cume, grutinha do final da via dos Italianos e na base. Infelizmente estas placas não se encontravam no local na última investida de manutenção.
 
A via de escalada foi conquistada em 1952 e era a mais fácil da face onde se encontra, no entanto a mesma virou palco de uma polêmica e um episódio negativo da escalada carioca. No dia 02 de Dezembro de 2012, o escalador Bruno Mendes da Silva faleceu após cair a totalidade da corda nesta via de escalada após o cabo de aço se desprender. 
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade