Montanhista Gaúcha escala 7 montanhas de 6 mil metros nos Andes em apenas um ano - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Recordista

Montanhista Gaúcha escala 7 montanhas de 6 mil metros nos Andes em apenas um ano

A gaúcha Paula Kapp escalou 7 montanhas acima de 6 mil metros nos Andes em menos de um ano e até onde se sabe se tornou a brasileira com maior número de montanhas desta altitude na cordilheira.

Fonte: Redação

 
Entre Março de 2015 e Março de 2016, a montanhista gaúcha Paula Kapp escalou 7 montanhas acima de 6 mil metros em três países diferentes e com isso, de acordo com os dados do historiador de montanhismo Rodrigo Granzotto Peron se tornou a brasileira com mais cumes desta altitude na cordilheira dos Andes. 
 
A odisseia de Paula pelos Andes começou com a escalada do Cerro Vicuñas, de 6066 metros localizado no Chile, na região da Puna do Atacama. Ela fazia parte da expedição guiada pelo experiente montanhista Maximo Kausch que pretendia fazer o Ojos del Salado, que é a segunda montanha mais alta dos Andes e também o vulcão mais alto do mundo, montanha que ela não chegou a tentar, pois não estava em sua melhor forma física.
 
Cerca de 4 meses depois, com melhor preparo, Paula foi à Bolívia novamente com a agência de Maximo Kausch e fez uma dobradinha, escalando o Huayna Potosi (6088m) e o Illimani (6438m), montanha que ela não imagina ser possível: “A primeira vez que vi esse gigante guardião de La Paz, eu imaginei que só os grandes montanhistas poderiam subir nele, e lá estava eu, realizando um sonho outra vez, numa linda noite de lua cheia e sem vento. Foi muito duro, lembro de subir com ânsia de vômito, pela exaustão do corpo, mas lembro também de ficar brincando bobagens com o Máximo, que me guiava. Quando chegamos naquela crista, tive que me conter para chegarmos até o cume e depois só chorava de emoção”. Disse Paula ao AltaMontanha.
 
Após estas experiências em expedições guiadas, Paula decidiu partir para algo mais independente e junto com um amigo, Vinicius Vieira, que também recentemente completou 7 cumes de 6 mil metros, e Greissy Caminski, organizaram uma expedição junto com o experiente montanhista Pedro Hauck, que liderou uma expedição muito bem sucedida na Puna do Atacama onde eles fizeram mais 3 cumes de 6 mil, Veladero (6438m), Baboso (6066m) e Bonete Chico (6759m), estes dois últimos inéditos para brasileiros, sendo que o Bonete Chico, quarta montanha mais alta da cordilheira era a montanha mais alta dos Andes ainda intocada por brasileiros.
 
Apesar de contar com a liderança de Hauck, o grupo foi totalmente independente. Tiveram que fazer sua própria logística e carregar o próprio peso e explorar o terreno desconhecido e inóspito.
 
Completando sua odisseia, pouco tempo após o retorno da expedição à estas montanhas, Paula retornou aos Andes onde escalou o Nevado San Francisco de 6008 metros e ainda tentou sem sucesso fazer o Incahuasi de 6621 metros e o Pissis, terceira montanha mais alta dos Andes com 6795 metros de altitude.
 
Mesmo sem atingir estes cumes, Paula somou 7 montanhas acima de 6 mil metros, o que é um fato extraordinário, pois nenhuma outra mulher brasileira escalou tantas montanhas, ainda mais em tão pouco tempo.
 
De acordo com os registros do historiador do montanhismo Rodrigo Granzotto Peron, a mulher com mais experiência no andinismo, Helena Coelho, tem 6 montanhas. O brasileiro com mais cumes é Pedro Hauck com 39 e o recordista mundial, é Maximo Kausch com 71 montanhas. 
 
Os números no entanto não importam à Paula Kapp: "Acho que as mulheres têm que ir mais para as altas montanhas. Apesar de no Brasil esse universo ainda ser muito ocupado por homens, nós mulheres temos condições de melhorar esse número. A minha experiência tem me ensinado que o montanhismo não é só da força, mas é, principalmente, da vontade, da determinação, da destreza, da ginga, da beleza, e isso tudo nós mulheres temos. Essa conquista é um convite para todas as mulheres a se aventurarem mais pelas alturas, Só nos Andes, temos 110 montanhas acima de 6mil metros de altitude e mais um incontável número de montanhas de 5mil que inclusive algumas ainda são virgens, temos muito o que explorar". Afirmou a montanha gaucha.
 
Veja mais:
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade