Cães e Caravanas, Karina Filgueiras e Bito Meyer contam detalhes - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Nova via na Pedra do Baú

Cães e Caravanas, Karina Filgueiras e Bito Meyer contam detalhes

A Nova via da face Norte da Pedra do Baú em São Bento do Sapucaí, conquistada por Bito Meyer e Karina Filgueiras ainda não teve repetição. Quem sabe você não possa ter o privilégio? A dupla conta como é a escalada.

Fonte:

Recentemente o lendário escalador Bito Meyer e Karina Filgueiras abriram uma nova via na face Norte da Pedra do Baú em São Bento do Sapucaí-SP. Faziam 4 anos que nenhuma via era aberta naquela que é a maior parede do conjunto.

A idéia da conquista de uma nova via começou em 1994, quando o Bito esteve conquistando a "Distraídos Venceremos", na mesma face da montanha. Recentemente o projeto veio à tona por ocasião da abertura do Campo Escola do CEU, um setor novo no Baú com vias fáceis destinadas a cursos e a quem está aprendendo a escalar.

A dupla teve muito trabalho, pois o plano era escalar a parede e sair dela com a via pronta. Por isso eles tiveram que fazer uma logística onde precisaram carregar cerca de 150 quilos de equipamentos e provisões. Foram dias pendurados na parede, se alimentando mal, torrando no sol, congelando à noite, conquistando trechos virgens, fixando cordas, retirando corda fixa... O resultado foi uma via que ficou, na palavra dos conquistadores, "um tesouro".

A Cães e Caravanas tem cerca de 300 metros e 9 enfiadas, cada uma muito peculiar. Ela mistura lances em livre de graduação bem alta, mas bem protegida para os padrões tradicionais da face Norte do Baú. A via também tem lances em móveis, já que a dupla seguiu a regra do mínimo impacto e não bateu grampo onde era possível usar equipamentos móveis. Existem três trechos que poderão ser escalados em artificial, o primeiro deles na quinta enfiada "O Muro" (7c/8a), logo após uma fenda para peças pequenas, a seguinte(6+/7a) na 6 enfiada, logo após a "Travessia Du Loren".

Estes dois trechos são bem verticais, mas que a princípio poderão ser escalados em livre, ou pelo menos fazer a tentativa. O uso de cliffs irá acontecer devido ao cansaço físico de um dia longo de escalada. Os lances estão bem protegidos por chapeletas sendo que o último é após a passagem do teto,"O Caminho do Nagual" também é bem vertical e protegido por chapeletas(7a/b). O Teto está equipado em A0.

Há que considerar que como estes lances ocorrem a partir da quinta enfiada possivelmente surgirá o cansaço, os graus são altos e ainda não foram confirmados. A dupla sugere levar um cliff de agarras(médio) e um talon, não havendo necessidade de piton.

A Cães e Caravanas é uma via exigente e requer comprometimento dos escaladores. O grau da via ficou sugerido em 6º VIIb (A1+/VIIIb) E3. O tempo de duração irá depender das estratégicas a serem tomadas pelos escaladores. De acordo com Bito e Karina, se os escaladores estiverem acostumados a escalada de "parede" em livre, é possível que uma dupla consiga escalar a via em um dia.

A conquista da Cães e Caravanas se tornou o assunto da cidade de São Bento do Sapucaí, pois as lanternas no meio da parede despertaram a curiosidade das pessoas, de forma que ela já está ganhando fama rapidamente, mesmo fora do meio montanhístico. Bito e Karina pretendem repetir a via em breve, mas ela está lá para todos escalarem. Quem sabe você também não possa repeti-la? Estamos esperando o croquis!

Agradecimentos Karine Filgueiras e Bito Meyer

www.brasilvertical.com.br

Todas as fotos são arquivo pessoal da dupla de escaladores

Publicidade:


Publicidade

Publicidade