Encontrado cadáver de alpinista chinês que desapareceu há dez anos - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Impressionante

Encontrado cadáver de alpinista chinês que desapareceu há dez anos

O cadáver de um alpinista chinês que havia desaparecido há 10 anos no Monte Bogda, no noroeste da China, foi encontrado por pesquisadores de geleiras chineses, publicou hoje o diário "South China Morning Post".

Fonte:

Os cientistas encontraram o cadáver de Lam Chi-wai a 3.980 metros de altura na montanha, que tem 5.445 metros de altitude e está situada no norte da região de Xinjiang.

Lam, que integrava uma equipe de 10 alpinistas que tentaram conquistar a montanha há uma década, desapareceu em meio a uma tempestade de neve junto a outros dois companheiros, cujos corpos não foram encontrados até hoje.

"O desafio do monte Bogda são suas rochas e as nevascas. Há também pouca assistência. Por isso, os escaladores devem ser rápidos e fortes fisicamente", explicou Chung Kin-man, alpinista da União de Montanhismo de Hong Kong.

O Monte Bogda é o pico mais alto do segmento oriental da cordilheira Tian Shan, na China, com 5.445 m de altitude. As suas encostas atingem os 70° a 80° de declive, pelo que só foi escalado muito mais tarde que outras montanhas. É a 17ª montanha do mundo em proeminência topográfica, apesar de não ser das montanhas de maior altitude.

EFE

Publicidade:


Publicidade

Publicidade