Outro trail runner falece no Mont Blanc - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Após exigência de equipamentos mínimos

Outro trail runner falece no Mont Blanc

Matthieu Craff de 28 anos caiu de 300 metros de altura e faleceu. Tragédia ocorreu poucos dias depois da polêmica ocasionada pelo prefeito de Saint Gervais que obrigou o uso de equipamentos mínimo para escalar o Mont Blanc

Fonte: Desnivel

Um francês de 28 anos morreu nesta quinta-feira (24) ao cair de 300 metros de altura quando descia correndo o Mont Blanc de 4810 metros de altitude, nos Alpes franceses. Matthieu Craff era praticante de trail running e estava de tênis, sem crampons e sem cadeirinha.
 
O uso destes equipamentos, junto com cordas, capacete, óculos e roupas para frio fazem parte da lista de equipamentos mínimos obrigatórios para escalar a montanha mais alta dos Alpes que foi decretada por Jean-Marc Peillex, prefeito de Saint Gervais, cidade que dá acesso à montanha.
 
Tal lista gerou muita polêmica na internet, pois muitas pessoas acharam uma perseguição à prática de Trail Running. O chefe da equipe de  resgate em montanha de Chamonix Stéphane Bozon, fez uma declaração polêmica ao associar o crescente número de resgate de trail runners no Mont Blanc à Kilian Jornet, a maior referencia da atividade do mundo, que é famoso por quebrar recordes de velocidades em montanhas de altitude. O resgatista falou que o número crescente de resgates de trail runners é o “efeito Kilian Jornet”.
 
Desta vez, tanto o prefeito de Saint Gervais quanto o chefe da equipe de resgates minimizou a responsabilidade de Jornet sobre os acidentes e jogou para os praticantes de trail que está cada vez mais em moda. De acordo com as autoridades, pessoas mal preparadas querem imitar Kilian e se põem em riscos desnecessários. 
 
Sobre a imposição de equipamentos mínimos para fazer cume no Mont Blanc, Peillex acredita que tomou a decisão certa e o acontecimento de ontem apenas reforçou a necessidade desta normativa, desrespeitada pelo acidentado.
 
Este acidente que pôs em evidência a inconsequencias destes esportistas mal equipados motivou minha decisão de decretar uma lei municipal fixando a lista de material mínimo necessário para realizar a ascensão do Mont Blanc, lista estabelecida pela oficina de guias de Saint Gervais”. Declarou Jean-Marc Peillex.
 
VEJA MAIS:
 
 
 

Publicidade:


Publicidade

Publicidade