Brad Gobright e Jim Reynolds batem o recorde da Via The Nose: 2h19’44” - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
The Nose, El Capitán, Yosemite

Brad Gobright e Jim Reynolds batem o recorde da Via The Nose: 2h19’44”

A cordada norte americana rebaixou em 4 minutos o recorde anterior de Alex Honnold e Hans Florine de 2012. Uma semana antes, fizeram uma tentativa de 2:34 horas.

Fonte: Redação

O recorde de velocidade de uma via de escalada mais famoso do mundo obteve uma nova marca novamente. Seus protagonistas:  Os norte americanos Brad Gobright e Jim Reynolds que conseguiram escalar os 900 metros do El Capitán pela via The Nose em incríveis 2 horas, 19 minutos e 44 segundos.
 
Os escaladores levaram dias treinando na via e seu tempo fabuloso é produto de várias séries de tentativas em que eles aperfeiçoaram as técnicas e a estratégia até o mínimo detalhe, tanto que na semana passada, repetiram a via em apenas 2 horas, 34 minutos e 30 segundos, até então a segunda melhor marca da história.
 
A EVOLUÇÃO DO RECORDE NA THE NOSE
 
Não é de hoje que noticiamos os recordes de velocidade na The Nose. Tradicionalmente alguns nomes de maior prestigio da escalada em Yosemite escreveram suas histórias completando este desafio, que se iniciou em 1975 quando Jim Bridwell, John Long e Billy Westbay repetiram a via em apenas um dia. Desde então, John Bachar, Peter Croft, Dean Potter, Yuji Hirayama, Alex e Thomas Huber, Dean Potter ou Sean Leary estiveram a frente com tempos mais e mais curtos na repetição deste tradicional Big Wall.
 
Confira abaixo a evolução história dos recordes de velocidade na Via The Nose no El Cap:
 
1958: 12 dias, por Wayne Merry, George Whitmore e Warren Harding.
1960: 7 dias, por Joe Fitchsen, Tom Frost, Chuck Pratt e Royal Robbins.
1963: 3 dias e meio, por Layton Kor, Steve Roper e Glenn Denny.
1967: 3 dias, por Jim Madsen e Kim Schmitz.
1968: 2 dias e medio, por Jim Madsen e Mike Covington.
1974: 1 día e medio, por Ray Jardine e Chick Holtcamp.
1975: 17 horas 40 minutos, por Billy Westbay, Jim Bridwell e John Long.
1978: 15 horas, por Mike Lechlinski e John Bachar.
1979: Menos de 13 horas, por Thierry Renault.
1984: 10h47’, por Dave Shultz e John Middendorf.
1986: 10h05’, por John Bachar e Peter Croft.
1988: 9h20’, por Xavier Bongard e Romain Vogler.
1990: 8h06’, por Steve Schneider e Hans Florine.
1990: 6h40’, por Dave Shultz e Peter Croft.
1991: 6h01’, Andres Puhvel e Hans Florine.
1991: 4h48’, por Dave Shultz e Peter Croft.
1992: 4h22’, por Peter Croft e Hans Florine.
2001: 3h59’35”, por Timmy Oneil e Dean Potter.
2001: 3h57’27”, por Jim Herson e Hans Florine.
2001: 3h24’20”, por Timmy Oneil e Dean Potter.
2002: 2h48’50”, por Yuji Hirayama e Hans Florine.
2007: 2h48’35”, por Alexander Huber e Thomas Huber.
2007: 2h45’45”, por Alexander Huber e Thomas Huber.
2008: 2h43’33”, por Yuji Hirayama e Hans Florine.
2010: 2h36’45”, por Sean Leary e Dean Potter.
2012: 2h23’46”, por Alex Honnold e Hans Florine.
2017: 2h19’44”, por Brad Gobright e  Jim Reynolds.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade