Incêndio no Parque estadual do Pico Paraná aparentemente extinto - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Queimada na Pedra Branca

Incêndio no Parque estadual do Pico Paraná aparentemente extinto

O incêndio que devastou cerca de 20 ha do Parque Estadual do Pico Paraná em Campina Grande do Sul - PR, está aparentemente extinto, montanhistas continuarão monitorando a área até terem certeza.

Fonte:

O incêndio florestal no interior do Parque Estadual do Pico Paraná, que começou no dia 4 de setembro parece ter finalmente se extinto.

As queimadas foram controladas no dia seguinte do começo das chamas, graças a ação dos montanhistas, IAP e corpo de Bombeiros, mas o incêndio não havia sido extinto, já que houve a queima da matéria organica do solo, que é o pior tipo de incêndio a ser combatido.

Com o ar seco e a baixa umidade do solo, as chamas se propagaram entre os horizontes superiores do solo, onde concentra-se maior teor de matéria ogânica. Como os poros do solo estavam preenchidos de ar, devido à grande seca, havia combustivel e oxigênio suficiente para que o fogo subterrâneo ficasse alimentado por tanto tempo, 12 dias.

Neste tipo de queimada, quando há o contato entre o solo em chamas e a vegetação seca, há o afloramento das chamas e o principio de um novo foco de incêndio. Durante todos estes dias, os montanhistas lutaram para manter o controle destes focos. Assim evitaram que a queimada se alastrasse montanha acima.

Com as chuvas do último fim de semana, parece que houve precipitação sucifiente para saturar o solo de água e assim extinguir o incêndio permanentemente. Os montanhistas, sob liderança da brigada contra incêndio da FEPAM (Federação Paranaense de Montanhismo) estiveram durante todo este tempo combatendo o fogo, mas hoje já não havia mais sinal de fumaça.

Os brigadistas voluntários estarão atentos aos sinais de fogo até que tenham certeza que o incêndio de solo tenha de fato se extinguido.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade