Mal tempo no Himalaia destrói também acampamento no Manaslu. - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Pós Monção difícil este ano

Mal tempo no Himalaia destrói também acampamento no Manaslu.

Passado menos de uma semana que uma tormenta destruiu o acampamento 1 da expedição de Maximo Kausch no Cho Oyo, uma nova, agora no Manaslu, arrasou o acampamento 1 da montanha. Jesus Calleja, que está no Himalaia comenta o caso e dá sua opinião sobre o que está acontecendo.

Fonte:

O Manaslu, localizado no Nepal é a oitava montanha mais alta do mundo, com 8156 metros de altitude. Neste ano, com todos os problemas provocados pelas Olimpíadas de Pequim, que resultou numa restrição maior para as expedições que pretendiam escalar no Tibet, também provocou uma concentração maior de pessoas nas montanhas nepalesas. Só no Manaslu, que não é um destino muito popular no Himalaia, concentraram-se nesta temporada 20 expedições.

Concentraram-se as expedições e também os riscos. Há dois dias uma forte tempestade, igual a que assolou o Cho Oyo na semana passada, destruiu um grande acampamento no Manaslu. Só não houve vitimas, pois a temporada está só no começo e assim como no Cho Oyo, o acampamento estava vazio. Fica uma pergunta. E se estas 20 expedições estivessem concentradas neste acampamento que foi riscado do mapa?

Segundo o espanhol Jesus Calleja, que agora se encontra numa expedição no Makalu, a quinta montanha mais alta do mundo, o clima no Himalaia mudou bastante nas última 4-5 temporadas.

No ano passado, o mal tempo provocou um grande cone de neve no Broad Peak, que fez que todos os alpinistas que se encontravam na montanha, quase 70, saíssem por cima, um por vez, desde o acampamento 3, onde eles haviam se concentrado. Entre eles estavam Edurne Pasabán, Carlos Pauner, Silvio Mondinelli, Gerlinde Kaltenbrunner.

Neste ano, no K2, as más condições não se cessaram. Elas deram somente uma oportunidade para que os montanhistas chegassem ao cume, todos juntos de uma só vez. Os resultados foram bem divulgados: A maior tragédia na montanha!

Muitos afirmaram que foi uma grande imprudência, tantas pessoas lá em cima numa das montanhas mais traiçoeiras do mundo. O mesmo pode se pensar dos 70 no Broad Peak. Entretanto, quando se leva um mês e meio esperando, sem nenhuma opção, chegam 3 dias de bom tempo e se sabe que provavelmente não vai haver uma outra oportunidade, não é fácil tomar a decisão de não subir. Se houvesses várias janelas de tempo, como acostumava acontecer. As pessoas dispensariam o ascenso.

Esperamos que no Manaslu o tempo seja mais benévolo este ano.

Publicidade:


Publicidade

Publicidade