Ama Dablam: Ana Elisa Boscarioli parte para novo desafio no Himalaia - AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras
Expedição Ama Dablam 2008

Ama Dablam: Ana Elisa Boscarioli parte para novo desafio no Himalaia

Desde 1999 quando foi ao Nepal pela primeira vez para fazer o trekking ao Campo Base do Monte Everest e se apaixonou pelas montanhas, a cirurgiã plástica Ana Elisa Boscarioli nutre um carinho especial pelo Ama Dablam.

Fonte:

Uma das montanhas mais bonitas do mundo, o Ama Dablam tem 6.856 metros de altitude, fica no Nepal e é considerada uma das escaladas mais completas e complexas da atualidade

O Monte Everest era o grande sonho, o maior desafio, realizado em 2006. Porém, escalar o Ama Dablam pela sua beleza, pelas dificuldades técnicas sempre fez parte dos planos da primeira mulher brasileira a ter alcançado o cume de uma montanha com mais de 8.000 metros (ChoOyu, 8.201 metros, Tibet, 2005) e também a conquistar o cume da montanha mais alta do mundo (Everest,8.850 metros, Nepal, 2006).

Uma fratura no ombro esquerdo durante um treinamento com bicicleta, no início do ano, quase adiou os planos da paulista, nascida em Igarapava e criada em Campinas (ambas no interior de São Paulo). A médica virou paciente, passou por cirurgia e muita fisioterapia.

A dedicação valeu a pena. Numa viagem ao Peru para escalar o Ishinca (5.530 metros) mostrou que a recuperação foi completa e os planos de chegar ao cume do Ama Dablam ainda em 2008 poderiam ser mantidos.

Ana Elisa Boscarioli, Roman Romancini e mais o inglês Andrew Chandler (os dois fizeram parte da Expedição Nokia Denali junto com Ana Elisa, em 2007) fazem parte da expedição que será guiada por Henry Todd, renomado guia e montanhista que vive há 35 anos na Ásia.

Os três montanhistas já estão a caminho da montanha e devem chegar ao Campo Base do Ama Dablam neste fim-de-semana. A previsão de cume será entre os dias 06 e 08 de novembro.

A cirurgiã alpinista Nascida em Igarapava (interior de São Paulo) e criada em Campinas, Ana Elisa Boscarioli formou-se no curso de medicina da Unicamp em 1989, especializou-se em Cirurgia Plástica (1999). Atualmente trabalha emCampinas, São Paulo e Americana. Ela reúne diversos perfis aparentemente incompatíveis: cirurgiã plástica, escaladora de alta montanha, mãe de uma menina de sete anos, esposa e palestrante com conteúdo motivacional.

Bem sucedida em todas estas atividades, Ana Elisa multiplica-se para desempenhar as diversas funções e precisa superar o cansaço, a falta de tempo, as exigências do dia-a-dia de profissional, mãe e dona-de-casa e esportista.

A médica, cirurgiã plástica, atende seus pacientes em três clínicas: São Paulo, Americana e Campinas e realiza cirurgias em alguns hospitais destas três cidades. A escaladora de alta montanha é a primeira e única mulher brasileira a chegar ao cume de uma montanha com mais de 8.000 metros (Monte Cho Oyu, 8.201 metros, Tibet, 2005) e ao cume da montanha mais alta do mundo (Monte Everest, 8.850 metros, Face Sul, Nepal, 2006). Foi ainda a primeira mulher brasileira a atingir o cume do Monte Aconcágua (6.962 metros) pela Via Direta da Rota dos Polacos, guiada por Vitor Negrete. Participou ainda da Expedição Brasil-Argentina que escalou o Aconcágua durante o inverno, ocasião em que o Parque está fechado e a autorização só é concedida a poucos.

Para estar em forma e enfrentar todos estes desafios, Ana Elisa Boscarioli tem acompanhamento de nutricionista e de um personal trainer. Como complementação dos treinamentos realizados nos intervalos das consultas e das cirurgias, Ana Elisa participa de provas de corridas de aventura, triathlon e maratonas de corridas a pé. O próximo desafio da médica-atleta será escalar os Sete Cumes mais altos de todos os continentes e enfrentar novamente o Cho Oyu, mas desta vez sem utilizar cilindros de oxigênio suplementares.

Esportista desde criança é casada com Lamberto Ramenzoni, hexacampeão Brasileiro de Tiro ao Prato, modalidade fossa olímpica e que, em agosto de 2005 ajudou a seleção brasileira a ganhar a medalha de prata no Campeonato
Mundial realizado em Americana (SP), o casal tem uma filha de oito anos, Francesca.

Seus feitos:

1999
* , ,  ,Monte Kala Patar (Nepal) com 5.700 metros
* , ,  ,Cerro Gokyo Ri (Nepal) cxom 5.400 metros

2001
* , ,  ,Cerro Tarija (Condoriri / Bolívia)
* , ,  ,Monte Aconcágua (6.962 metros)
* , ,  ,Curso de Escalada no Gelo (Bolívia)
* , ,  ,Cerro Alpamayo Chico (Condoriri / Bolívia) com 5.400 metros
* , ,  ,Cerro Bonete (Argentina) com 5.100 metros

2002
* , ,  ,Cerro Huayana Potori (Bolívia) com 6.088 metros
* , ,  ,Cerro Illimani (Bolívia) com 6.490 metros

2003
* , ,  ,Monte Aconcágua com 6.962 metros - Primeira brasileira a alcançar o cume pela Via Direta dos Polacos

2004
* , ,  ,Cerro Ojos del Salado (Chile) com 6.878 metros
* , ,  ,Vulcão Lascar (Chile) com 6.100 metros
* , ,  ,Vulcão Sayre Kabur (Chile) com 6.300 metros
2005
* , ,  ,Try On Expedition I - Aconcagua Invernal
* , ,  ,Try On Extraordinary Women II - primeira brasileira a fazer o cume de uma montanha com mais de 8.000 metros (Cho Oyu, no Tibet, com 8.201 metros).

2006
* , ,  ,Projeto Mulher Brasileira no Topo do Mundo - Primeira brasileira a chegar ao cume da montanha mais alta do mundo - Monte Everest (8.850 metros, Face Sul, Nepal) com uso de oxigênio suplementar.

2007

* , ,  ,Expedição Nokia Denali - Chegou a menos de 30 metros do cume e
retornou por questões de segurança

Próximos desafios:

* , ,  ,Completar os sete cumes mais altos dos sete continentes:

- Monte Everest - Ásia - 8.850 metros (*)
- Monte Aconcágua - América do Sul - 6.962 metros(*)
- Monte McKinley (Denali) - América do Norte - 6.194 metros
- Monte Kilimanjaro (África) - 5.895 metros
- Monte Elbrus (Europa) - 5.642 metros
- Maciço Vinson (Antártica) - 4.897 metros
- Parede Carstensz (Oceania/Papua Guiné) - 4.884 metros
(*) Já realizados

* , ,  ,Escalar o Monte Cho Oyu, sexta maior montanha do Planeta (8201 metros) sem utilizar cilindros de oxigênio suplementares.

* , ,  ,Ser a primeira mulher brasileira a chegar ao cume do Ama Dablam (6.856 metros de altitude), no Nepal, considerada a montanha mais bonita do mundo

Publicidade:


Publicidade

Publicidade